FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

o novo avatar

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o novo avatar

Mensagem  jeff em Qua Nov 18, 2009 6:25 pm

Finalmente hoje o capítulo final e derradeiro da novela, veja no último bloco....

Um pequeno resumo da história, para quem não acompanhou desde o primeiro capítulo:

Minha vida era somente trabalho, trabalho, trabalho.

Um dia, vi uma moto que me fez querer voltar aos velhos e bons tempos e pilotar novamente.

Entrei na fila do consórcio e passei a frequentar este fórum, sonhando com o dia em que estaria novamente na estrada.


Não perca o próximo e emocionante capítulo amanhã, neste mesmo horário e canal, se a internet ajudar...


Última edição por jeff em Ter Nov 24, 2009 3:44 pm, editado 2 vez(es)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  Silask em Qua Nov 18, 2009 8:23 pm

Husahushasauhs...

Esse Jeff, sempre supreendendo!

Quando for contemplado, nos informe, pois iremos todos juntos buscá-la com vc!
Pode deixar que a rodada de cerva é pro minha conta!

Abraços meu amigo!
avatar
Silask
Novato
Novato

Número de Mensagens : 39
Idade : 29
Localização : São Paulo
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 08/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  will_santana em Qui Nov 19, 2009 8:53 am

uia!! tah melhor q a novela das 8
hehehehe

s bem q eu sou mais a aline e a thais q o jeff Razz

[]s

_________________
***** Tigra Clube Brasil *****

avatar
will_santana
Guru
Guru

Número de Mensagens : 2060
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 01/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Qui Nov 19, 2009 9:22 am

idem. Very Happy

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Qui Nov 19, 2009 2:36 pm

Mas as coisas nunca acontecem como previsto, e este ano não foi nenhum céu de brigadeiro.

Com a crise mundial, a coisa ficou feia, e tudo parecia perdido.

Como terminará esta história?

Que outras surpresas estarão reservadas?

Saiba a resposta para essas e outras perguntas no último e sensacional episódio desta verdadeira novela...

O Novo Avatar!!!!

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Sex Nov 20, 2009 2:04 pm

Poder participar do fórum ajudou muito (agradeço o apoio e a paciência dos amigos).

Mas o negócio é tocar em frente e retomar o caminho, que a gente nunca sabe para onde vai a estrada... Se tudo der certo, semana que vem estarei estreando um novo avatar. Aí finalmente contarei a novidade em detalhes.

Se não estiver, será por culpa do Barão Vermelho... That’s life.

Até lá, e um grande abraço a todos!!!

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  will_santana em Ter Nov 24, 2009 8:21 am

jeff d avatar novo
snoopy e woodstock de custom
jeff falando q comprou 1 dafra...

uhu!! lah vem update...

looking foward for it

[]s

_________________
***** Tigra Clube Brasil *****

avatar
will_santana
Guru
Guru

Número de Mensagens : 2060
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 01/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Ter Nov 24, 2009 8:54 am

E vem mesmo, só que estou correndo com o trabalho atrasado e esta é uma aventura que tem que ser muito bem contada... Ainda hoje à noite vai para o ar... hehehehe

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Ter Nov 24, 2009 4:02 pm

E aí vai o prometido final da novela (se prepare, que a história é longa):

Chegou a hora de contar a novidade em detalhes:

Cansei de esperar o consórcio, a fissura por uma moto era tanta que não quis esperar as formalidades de dar lance, ver se fui contemplado, esperar sair a documentação e lacrar, etc., etc.

Quando o Lobo anunciou a venda de sua moto, não pensei duas vezes! Eu disse, Kaxuxa, sinto muito, não era pra acontecer, a verdade é que foi pela Kansas que eu me apaixonei desde o início, ficar com uma Speed era somente uma questão de valor da mensalidade e racionalização a respeito da dor de coluna que eu achava que ia sentir depois dos comentários sobre a dureza da suspensão... Mandei às favas o racionalismo e fui pras cabeças.

Perguntei ao Lobão se ele poderia fazer a entrega no local do encontro de motoqueiros lá mesmo em Volta Redonda onde conheci a galera carioca, era o único lugar no Rio onde eu não me perderia, e ele topou.

Acabou que combinamos fechar negócio nesta segunda-feira pela manhã, então no domingão lá fui eu de trenzão e busão até Volta Redonda, capacete na mão, malinha com luvas, casaco e bandana. Bandana é item de primeira necessidade para quem tem a cabeça capilarmente desguarnecida como este que vos fala.

(Pausa para a compra da bandana: loja somente com três modelos: meia dúzia com logo da Harley, duas com logo da Suzuki e uma de caveirinhas. Não tinha opção: fui de caveirinhas.... perco os amigos, mas não a piada...)

Então lá vou eu com capacete (que não cabe no porta-objetos do ônibus, mas pendurado na cortina é ótimo para carregar garrafas de água, telefone, carteira, etc.) e mais as luvas, bandana de caveirinhas no Cometão para VR, pernoite no hotel.

Segunda-feira logo cedo o Lobão chegou com a menina, luminosa de tão bonita. Perguntou se eu não queria dar uma volta antes de fechar negócio, não precisava, ele já tinha percorrido uns 100 km para chegar até lá, então a moto tinha que estar perfeita.

Fechado o negócio, documentos OK, meio-dia chega a hora de abandonar o hotel e tomar conhecimento íntimo (uou!) com a danada. Totalmente paramentado de botina, calça jeans, camiseta e capacete (faz um calor dos infernos em Volta Redonda, acho que os fornos da Usina têm algo a ver com isso), espelhos ajustados, tudo nos conformes, saio do estacionamento do hotel com a elegância de um atobá aprendendo a levantar voo, pezões esparramados para ajudar a equilibrar.

E aí vem aquela famosa dificuldade para encontrar o neutro. Tento o ajuste do cabo da embreagem, mas não melhora muito. Penso, será que vou pagar a língua? Mas pelo menos descobri a causa do famoso estralar da corrente de transmissão: ele aparece mais frequentemente quando você força a transmissão em uma marcha acima do ideal, ou com o motor em rotação abaixo do ideal, e a causa provavelmente é a falta de calço(s) na(s) árvore(s) do câmbio. Simples de resolver, mas trabalhoso*.
* Após 1000 km, descobri exatamente o que acontece. Leia o tópico Dicas para Sua Dafra.

Finalmente levo a garota até o parque da cidade para fazer aquilo que sempre recomendo, conhecer as reações da moto em frenagens, curvas mais intensas, etc. Depois de brincar que nem moleque em parque de diversões, hora de almoçar, fazer a inspeção final e pegar a estrada, que era longa.

Evito parar em um restaurantezinho escuro e obscuro em frente a uma loja chamada Assombra Som (acho que não era coincidência), encosto a moto no posto o tempo suficiente para deixar o óleo baixar e confiro: exatamente no nível recomendado da vareta.

Tanque cheio, pneus, tudo perfeito, 13:00, momento de sair de Volta Redonda. Descobri que a cidade recebeu esse nome porque as pessoas seguem as placas, se perdem e acabam voltando sempre ao ponto de partida. Mas foi bom, porque pratiquei um pouco de trânsito urbano. Enquanto isso, o câmbio da Kansadinha ia judiando, tinha hora que não saía da 3a nem com reza, esgotei todas as possibilidades de ajuste do cabo da embreagem.

Paciência, encontro o caminho e vamos para a estrada de acesso à Dutra. Estradinha linda, curvas suaves, asfalto quase perfeito, paisagem linda, não podia ser melhor. E nada de conseguir engatar a 5a marcha. Nesse momento, eu tinha duas opções: encostar a moto, contratar um advogado e ficar me lamentando, ou tocar em frente e resolver o problema por mim mesmo.

Como gosto mais da segunda opção, toquei em frente. Resignado em seguir até SP em 4a marcha, cheguei à Dutra com o ponteirão nos 80 - 90, nos 100 o motor já ficava um pouco forçado nessa marcha.* Bem, vai demorar um pouco mais, mas chego lá.
*Moto equipada com pinhão de 16 dentes, a velocidade é maior que a original de fábrica.

Falei que o ronco dela é uma delícia? Extremamente agradável de pilotar, responde bem aos comandos (embora tenha sentido uma certa resistência a fazer as curvas... ou era eu com receio de descobrir o limite logo no primeiro dia... A suspensão também dá fim de curso nas frenagens mais intensas, o que é sintoma de nível de óleo baixo nas suspensões, como foi discutido aqui no fórum. Fácil de resolver e não muito trabalhoso.

Na estrada a moto é uma delícia. Quem diz que a Kansas vibra mais que o normal, só há três alternativas: ou está com desbalanceamento de motor/roda, ou nunca pilotou outra moto, ou está de má-fé. Falei que o ronco dela é uma delícia?

Não tinha rodado uns 20 km na Dutra, quando resolvi tentar a 5a de novo, e ela entrou sem dificuldade. Tem lógica uma coisa dessas? Se tem, eu desconheço. Mas moto tem dessas coisas. Juro que nesse instante que a marcha entrou, ouvi uma voz de garota sensualíssima, clara como o dia: “Meu nome é Jezebel”. Sério. De arrepiar. E foi aí que Jezebel se mostrou inteira.

Em 5a, a menina atingia 110 brincando, 120 ainda não tinha chegado no limite do motor (eu sei, na real era menos, mas não vou ficar fazendo conta.) Também sei que toda Kansas chega a mais do que isso no velocímetro, mas aquela velocidade estava perfeita para uma viagem de longa distância, com uma moto que eu ainda não conhecia, e que na prática não está completamente amaciada (só 3600 km).

A moto realmente é torcuda. Só tive de usar a 3a quando a ladeira era realmente íngreme e prolongada, no mais ela enfrentava tudo de 5a e 4a. Viemos felizes da vida, eu e Bebel (e na mesma hora ela me corrigiu: “Bebél, com acento no él”.... Bebél tem personalidade. Gosto disso...).

Estrada, liberdade e dor na b*nda. Primeira parada em Porto Real, um restaurante com uma enorme varanda e janelas sem vidros. Estou matando um litrão e meio de água gelada, quando entra um pardal e pousa no encosto da cadeira à minha frente. Andar de moto era o mais perto que eu ia poder chegar da liberdade daquele serzinho. Ele não podia entender isso, mas eu sabia perfeitamente...

Retomado o caminho, mais uma ou duas paradas, o horizonte começa a fechar. Nuvens negras (negras mesmo) à esquerda e à direita, somente aquela passagem aberta na direção da Dutra. Elimino algumas paradas programadas (àquela hora a interface com o assento já estava calejada) e sigo em frente para evitar o pior da chuva.

Consigo em parte, porque ela me alcança fraca em São José dos Campos, onde o trânsito literalmente parou por causa do rush da saída das empresas. Nesse momento, emparelhamos uma H-D e eu, e noto que o cara nem cogita em pegar o corredor. E eu que não ia desonrar a classe dos dafreiros pagando mico com minha performance de atobá com labirintite. Ademais, eu continuava na briga com o câmbio, o inferno para tirar da 3a, marcha desaparecendo em um espaço morto entre a 3a e a 2a, não conseguia colocar no neutro nem depois da promessa em Aparecida.

O trânsito recomeçou a fluir e eu havia deixado a H-D para trás (só porque minha faixa andou mais rápido). Vejo pelo espelho uma custom se aproximando em boa velocidade, abro passagem para o cara que eu achava que era o da H-D e eis que passa por mim uma.... Kansas preta. Com certeza a relação de pinhão e coroa era diferente da minha, porque não percebi o motor dele forçado.

Ainda bem que não consegui escapar totalmente da chuva, porque foi uma melhores experiências da minha vida. No retão de Jacareí a chuva caiu de vez, e foi de lavar a alma, nunca mais esqueço aquela sensação de pura alegria. Não tive receio de andar no toró, porque eu estava bem visível. Além de Bebél ser laranja, meus braços eram duas manchas cor de rosa luminescente (lembrete: nunca esquecer do protetor solar quando for andar sem jaqueta. Aliás, nunca sair sem jaqueta, a menos que pretenda lavar a alma).

Com todas essas emoções, esqueci de abastecer em São José dos Campos, como programado. Pior que só fui lembrar disso quando peguei a Ayrton Senna, já percorridos uns 300 km com um tanque. Na minha cabeça tinha um posto logo depois do acesso, mas eu estava enganado. Era só em Itaquaquecetuba, e pelas minhas contas ela podia pedir gasosa a qualquer momento.

Desabou o mundo, raios caíam pra todo lado, acho que até granizo miúdo eu peguei. Só sei que todas as outras motos ficaram embaixo dos viadutos, na estrada só o maluco que vos fala. A cena era tão insólita que quando parei no pedágio o cobrador perguntou assustado: “Tudo bem com o senhor?" Não podia estar melhor.... hehehehe

Como fui obrigado a pegar o dinheiro no bolso da calça, desliguei o motor. Paguei e apertei o botão de partida: nem sinal. O motor de partida não funcionava e, como eu tinha navegado muitos km embaixo d’água, matei a charada na hora: a síndrome da chuva, com a qual já estava preocupado. Já tinha dado dois resignados passos de atobá quando percebi que a chave estava desligada (dãããã). As Dafra tem esse defeito que o motor não pega com a chave desligada (dãããã).

Mas Bebél é temperamental, não gostou de minha inépcia e se recusou a dar....a 5a marcha de novo, o que é compreensível. Cheguei ao posto de Itaquaquecetuba às 19 horas, bem a tempo de ver no SPTV o drama das enchentes na capital paulista (de novo!), decidido a dar um trato na menina para que ela melhorasse o humor. Piloto e moto reabastecidos, verifico o nível de óleo: metade da vareta.

A-ha!!!

Isso confirmou minha suspeita de sempre: essas motos trabalham com menos óleo que o ideal, e quando ele é consumido a ponto de chegar no meio da vareta o motor já está trabalhando no sacrifício. Isso pode explicar esse desgaste de rolamento do virabrequim (vou fazer um post exclusivo sobre isso).

Após meio litro de óleo, com o nível acima do máximo, saio da estrada para pegar um atalho e evitar a região das enchentes. Trânsito médio, desviando de alagamentos e de gente perdida, por sorte eu tinha alguma noção para onde ir.

E não deu outra: com o passar do tempo o câmbio foi voltando ao normal, ficou fácil passar marchas, apenas o neutro continuava difícil de achar. Mas nem isso durou muito tempo: depois de uns 20 km eu já encontrava o neutro com facilidade. Até aquele ruído estranho do comando diminuiu de intensidade. Não desapareceu, e nem vai desaparecer, mas ficou bem mais agradável. Me arrependi de não ter seguido meu instinto de colocar mais óleo ainda em Volta Redonda, mas c'est la vie.

Ficou provado definitivamente que a Kansas precisa de mais óleo do que o recomendado pelo fabricante, e é fácil de entender porque. Mas vou detalhar isso no post específico. Seu Creso, depois eu passo o número da conta pro senhor depositar o valor dessa assessoria. O cachê daquele ator lá da Globo já está de bom tamanho.

Acabei chegando em casa às 21:30, cansado, depois de uns 350 km de estrada mais desvios, mas muito feliz e satisfeito com a moto e com minha compra. Agora finalmente vou poder falar com conhecimento de causa sobre os assuntos do fórum, em vez de ficar somente no “eu acho que...”, “tenho a impressão que...”

Aguardem os próximos posts!

Um abraço,

Jeff, agora de Kansas.

Nota de esclarecimento:

Lendo o texto novamente, notei que ele pode dar a falsa impressão de que o Lobão me vendeu uma moto com problemas. Isso não é verdade, de modo algum. Os problemas que encontrei ocorreram por causa do aquecimento que a moto sofreu enquanto eu praticava em condições atípicas para o uso de uma moto, ou seja, baixa velocidade por tempo prolongado. Em nenhum momento me passou pela cabeça que a moto estivesse com problemas quando o Lobão a entregou para mim. Amanhã vou publicar um post específico sobre a lubrificação desse motor, e pretendo deixar claro porque isso acontece e como evitar o problema. Estou adorando a moto e agradeço ao Lobão pela oportunidade de pilotá-la e pelos altos papos enquanto esperávamos a burocracia da transferência.


Última edição por jeff em Seg Dez 21, 2009 8:30 am, editado 4 vez(es) (Razão : reavaliação do problema, informação sobre pinhão)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  will_santana em Ter Nov 24, 2009 5:39 pm

m perdoe a galera e a moderacao
mas nao tem outra coisa a dizer senao: CA-RA-LHO
assim, compassado

jeff, A lenda (reparem no maiusculo) com 1 kansita
e nao QQ kansita. a ex-lobo&loba
pqp. feliz pra kct com a noticia

a moto saiu de otimas maos pra outras tao boas qnt
e agora teremos uma "cobaia" pro mestre mostrar e provar suas teorias

soh 2 coisas m deixaram intrigado...
1 - como o oleo baixou tao rapido? meu oleo nao desce qse nada. tem qse 2500km rodados com ele e tah no msm nivel
2 - dificil a relacao da kansita q passou ser melhor q sua. ateh onde eu sei o lobo jah colocou pinhao de 16 q dah a final agradavel q vc sentiu na estrada e nao sacrifica o torque. acho q o cara soh tinha mais intimidade com a kansita msm

bom, soh m resta dar os parabens ao jeff e transmitir minha imensa alegria com a noticia

[]s

_________________
***** Tigra Clube Brasil *****

avatar
will_santana
Guru
Guru

Número de Mensagens : 2060
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 01/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Ter Nov 24, 2009 6:17 pm

Poxa, Will

Assim eu fico encabulado...

A resposta para suas duas perguntas talvez seja uma só:

A Jezebel ex-Lobo & Loba está carregando mais peso que as outras Kansas... hehehe

Das duas medições que fiz, na primeira eu esperei quase meia hora e na segunda tinha desligado o motor há pouco tempo. Então o óleo estava na metade da vareta, mas se eu esperasse mais iria subir um pouco, então colocar uns 200 ml estaria de bom tamanho, consumo que considero normal para um percurso de 300 km em estrada.

Eu coloquei cerca de 0,5 litro para ficar propositalmente acima do nível máximo, e não me arrependo.

Pretendo escoar todo o óleo e medir certinho essa capacidade, para chegar a um número exato para o abastecimento. E não pretendo deixar o nível baixar a ponto de aparecer ar no visor com a moto no cavalete central.

Inclusive, acredito que é por isso que estão trocando rolamento de virabrequim. E agora posso provar, o raciocínio é simples. Mas só vou publicar o post completo amanhã.

Gostei desse negócio de criar um suspense...

Até lá,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  HugoSA em Ter Nov 24, 2009 6:38 pm

Olá Jeff!
Parabéns pela conquista!! Fico feliz que vc tenha conseguido comprar a moto desejada!!
A mecânica da moto é bem simples, então vc certamente não terá problemas no "faça vc mesmo".
Do mais vamos sim marcar um encontro, tô correndo pra dedel, mas a gente sempre encontra um tempo livre no meio da correria, mesmo porque eu me lembro bem que te devo uma Coca.
Abraço,
Hugo
avatar
HugoSA
Forista
Forista

Número de Mensagens : 188
Localização : Santo André - SP
Data de inscrição : 06/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Ter Nov 24, 2009 7:03 pm

Obrigado, Hugo

Também ando superatrasado com o trabalho, mas tive esse bom motivo.

Esse lance da coca eu não lembrava, mas valeu! Assim que for viável, a gente se fala.

Até lá,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  Fuzzy Logic em Ter Nov 24, 2009 7:23 pm

Coca Zero para o Jeff! kakakakakaka

Bom, parabéns pela conquista!

Abraços!


PS.: Viu, não contei a ninguém sua surpresa... Nem pro Will!!!
avatar
Fuzzy Logic
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1823
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro/RJ
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 25/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  nego em Ter Nov 24, 2009 7:29 pm

Eu não poderia deixar de demonstrar a minha alegria cheers ao saber da nova aquisição, parabéns amigo Jeff, e que a Bebél lhe traga muitas alegrias, você merece, e em se tratando de avatar eu logo desconfiei, que seria a moto do Loba&Loba, pois venho seguindo estes papos esqisitos de voces, que este seja um divisor de águas, daqui para a frente é Jeff motorizado e não Kansado, Motociclista a lá James Dean. Um abraço.
José Luiz.
avatar
nego
Admin
Admin

Número de Mensagens : 978
Idade : 61
Localização : Joinville, S/C
Moto : Super100
Data de inscrição : 02/07/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Ter Nov 24, 2009 7:43 pm

Obrigado, Nego!

Como é que estão as coisas aí pelo sul?

Tou com idéias de ir conferir pessoalmente... qualquer hora me dá na telha, igual foi comprar essa moto, e apareço aí na sua porta de surpresa (de surpresa, mas aviso antes!)

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo avatar

Mensagem  Tião em Ter Nov 24, 2009 8:49 pm

Caro companheiro Jeff. Parabens pela aquisisção. Fiquei feliz em saber que você agora faz parte do grupo de Kanseiros. Tenho certeza que você não irá se arrenpeder pela escolha. Bem vindo ao grupo. Parabens,você merece. Abraços!!! Very Happy Very Happy Very Happy
avatar
Tião
Novato
Novato

Número de Mensagens : 36
Idade : 50
Localização : Itapevi - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 19/06/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  amsbetinho em Ter Nov 24, 2009 11:39 pm

Não participo mais do forum como antigamente... Por diversos motivos, entre eles a falta de tempo (comum em final de ano para estudante de arquitetura) e por ter perdido um pouco do tesão de primeira moto, primeiras impressões e experiências, etc. Lá se vão um ano e meio desde meu cadastro e nesse meio tempo as coisas com a Dafra aqui em Salvador perderam um pouco da graça que tinha no início.

Mas lendo este tópico do jeff, eu não poderia deixar de escrever aqui que também compartilho desta alegria, que é contagiante!
Não preciso conhecer esse cara para respeitá-lo e tê-lo realmente como o nosso guru/defensor/companheiro aqui do forum. Seus mais de 2 mil posts nunca foram em vão e esse certamente é um dos motivos para que eu continue lendo as últimas notícias daqui, mesmo sem deixar um comentário durante dias.

jeff, parabéns por tudo! Por sua inteligência, experiência de vida, companheirismo e compromisso com o forum. Parabéns pela tão sonhada e batalhada Dafra (que bom ter sido uma Kansas - lembro da sua alegria registrada em foto quando experimentou uma pela primeira vez).

Um grande abraço, em nome de todos os Dafreiros da Bahia que um dia já passou por aqui pelo forum. Saúde para você e para a Jezebel!

Alberto.


Última edição por amsbetinho em Qua Nov 25, 2009 8:09 am, editado 1 vez(es) (Razão : Tinha escrito "guru" de maneira errada.)
avatar
amsbetinho
Forista
Forista

Número de Mensagens : 496
Idade : 38
Localização : Salvador - Bahia
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 29/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  wagner mota em Qua Nov 25, 2009 6:23 am

Caraca Jeff...que maravilha!!!!!
valeu pela sua aquisição e tenho certeza que cada dia que passar mais você vai se apaixonar pela Bél....hehehehe
Garota de sorte essa......está com um cara experiente!!...hahahahaha
Fico muito feliz mesmo....esse lance de ver meus amigos progredindo e felizes me faz um bem danado..
e seu relato da viagem então...foi show!!!...agora é so marcar uma viagem que vamos nessa!!!
Abraços Jeff e mais uma vez parabéns!!!!
avatar
wagner mota
Guru
Guru

Número de Mensagens : 2072
Idade : 54
Localização : São Paulo, SP
Moto : Apache 150cc
Data de inscrição : 20/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  edu.ramos em Qua Nov 25, 2009 7:01 am

Parabéns Jeff.
avatar
edu.ramos
Forista
Forista

Número de Mensagens : 196
Idade : 36
Localização : David Canabarro - RS
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 20/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Qua Nov 25, 2009 7:57 am

Muito obrigado, aproveito para agradecer a todo o pessoal,

Poder ter participado do fórum durante esse ano e meio, mesmo sem estar com a moto, foi uma oportunidade muito legal. Aprendi muito com as dicas dos colegas, que já estou colocando em prática.

Mas o fórum me ajudou muito mais do vocês podem imaginar: colaborar foi um fator decisivo para que eu pudesse superar um dos piores anos de minha vida. Poder tentar ajudar e às vezes expressar meu mau-humor por estas praias ajudaram a atravessar muitas noites mal dormidas.

Por isso não estranhem se o volume de posts diminuir de agora em diante... agora arranjei uma companheira de todas as horas... pena que não dorme no quarto... hehehe

Um abraço,

Jeff
PS: Betinho, não desanima não, hoje à noite vou publicar um post sobre a lubrificação da Kansas, que pode ser extrapolado para a Speed. Dá uma acompanhada.

Até lá,

Eu de novo.

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  amsbetinho em Qua Nov 25, 2009 8:21 am

jeff escreveu:(...)
PS: Betinho, não desanima não, hoje à noite vou publicar um post sobre a lubrificação da Kansas, que pode ser extrapolado para a Speed. Dá uma acompanhada.

Até lá,

Eu de novo.

Claro, jeff. Não desanimo. Como disse, perdi um pouco do tesão, mas nunca deixo de acompanhar o forum. A partir de dezembro volto a escrever mais. Tenho umas resenhas pra contar aqui.

Um abraço!
avatar
amsbetinho
Forista
Forista

Número de Mensagens : 496
Idade : 38
Localização : Salvador - Bahia
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 29/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  tecnicomauricio em Qua Nov 25, 2009 12:51 pm

Parabéns Jeff !!!!!!!!!!!!!!

vou ficar no aguardo do post q vc prometeu, só uma coisinha mínima pra te dizer, se um dia nos encontarmos para uma partida de futebol sendo: "Speddeiros" X "Kanseiros" -- VOCÊ VAI SER OBRIGADO A JOGAR NO TIME DOS SPEDDEIROS VIU!!! RSSS......


NO MAIS BOA SORTE COM A BEBÉL(SE É QUE ME PERMITE A LIBERDADE) MUITAS CURVAS E ALEGRIA!!

UM ABRAÇO!
avatar
tecnicomauricio
Forista
Forista

Número de Mensagens : 355
Idade : 41
Localização : Piracicaba-SP
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 10/06/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  jeff em Qua Nov 25, 2009 12:59 pm

Valeu, Maurício, obrigado...

Que a Kaxuxa não fique sabendo...

Quanto ao jogo, sei não, mas acho que se eu jogar pelos Speeddeiros quem vai levar vantagem serão os Kanseiros....

Sempre joguei plantado na zaga, mais ou menos como uma moita... e com a mesma eficiência nos desarmes...

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  Lobo & Loba em Qua Nov 25, 2009 1:06 pm

Galera, eu não poderia contar a novidade. Todos acompanharam a saga e os capítulos da novela escrita e protagonizada pelo nosso amigo Jeff. Uns já haviam desconfiado, caso do Nego, outros ainda estavam em dúvida mais tudo correu bem e o final não poderia ser um só. Um final feliz.... eu sei que entreguei (vendi é claro) a moto em boas mãos.


Hoje me declaro ex Kansas 150 (com muito orgulho, não tive e não tenho nada a reclamar) e atual virago 250 ano 97 de cor preta. Mais estarei sempre presente opinando,acompanhado o forum e discutindo no bom sentido com o intuito de ajudar é claro. Sempre que possível tentarei passar a minha experiência com a kansas 150 e com a atual virago 250 (ainda tenho muito que aprender.

É como na Teoria de Darwin : a evolução natural das espécies ................. de duas rodas.


Parabéns mais uma vez Jeff.

cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers

Abs a todos.

_________________
Lobo & Loba nas estradas.
avatar
Lobo & Loba
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 70
Idade : 57
Localização : Anchieta - RJ
Moto : Apache 150cc
Data de inscrição : 14/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o novo avatar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum