FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Página 1 de 15 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Seg Out 31, 2011 12:27 pm

Senhores proprietários/acionistas,

Qual seria reação dos senhores se eu lhes vendesse um produto que colocasse suas vidas, a vida de seus filhos, esposas, amigos, parentes próximos em risco?

O que os senhores pensariam de mim se, mesmo alertado que meu produto apresenta um problema que pode causar a morte súbita de pessoas, eu deixasse que mais de dois anos se passassem com total indiferença às denúncias?

E se mesmo assim os senhores persistissem avisando e eu insistisse em dizer que já falei com meus engenheiros e que não existe problema algum, que não há necessidade de fazer absolutamente nada?

Acredito que a esta altura os senhores já teriam tomado providências para me colocar na cadeia ou num manicômio. Seria o mínimo a se fazer com alguém que fosse tão negligente com um produto colocado no mercado nessas condições, correto?

Bom, agora que todos nós concordamos, gostaria que os senhores me dissessem o que devo fazer com o fabricante de uma moto muito boa chamada kansas 150. Não sei se os senhores sabem, mas é um dos primeiros produtos lançados pela dafra aqui no Brasil.

Desde que essa moto foi lançada, choveram reclamações quanto às dificuldades de se passar marchas e da quase impossibilidade de se achar o neutro. Dos motores que fundiram e travaram, colocando em risco a vida de pilotos e garupas.

Pois bem, os participantes deste fórum descobriram que o problema era muito fácil de ser resolvido. Vejam só que  coisa boba: apenas 200 mililitros 400 mililitros* de óleo a mais. Uma bagatela de cerca de 2 ou 3 reais. Ou 5 reais com um óleo bom.

* Peço desculpas, o correto é 400 mililitros a mais sobre o 1 litro especificado no manual, ou 200 ml a mais em relação ao que eles afirmam ser a quantidade máxima admissível de óleo a ser colocado no motor. Essa carta foi escrita no calor do momento e esse detalhe passou batido por tanto tempo, estou envergonhado. Amigos que colocaram apenas 1,2 litro de óleo tiveram problemas graves no motor, peço infinitas desculpas. Minha intenção de ajudar foi inócua. Só para lembrar, minha kansas roda com 1,4 litro de óleo e já está com 61 mil km e o motor em perfeitas condições.

Vejam só, senhores proprietários e acionistas da dafra: com a colocação de um pouquinho a mais de óleo no motor, eliminava-se o risco de se ficar preso no trânsito, tentando mudar de marcha com um caminhão ou ônibus vindo atrás de você na avenida/rodovia.

Os senhores já viram fotos de um motociclista sob as rodas de um ônibus, senhores proprietários acionistas? Acredito que não, senão jamais permitiriam que uma bobagem de 5 reais pudesse causar tamanha desgraça. Mas caso não tenham visto, temos fotos aqui no fórum, podemos enviar o link caso se interessem. Vejam que não estou dizendo que aquela queda em particular tenha sido causada pelo problema, aliás nem mesmo aconteceu com o proprietário de uma kansas, que é aquela moto que os senhores fabricam, lembram dela?

Mas é só um exemplo bem ilustrativo do que é andar em uma moto que pode travar o motor a qualquer momento por falta de 5 reais de óleo.

Os senhores proprietários/acionistas perguntarão: "mas afinal, o que temos com isso? se o dono não coloca óleo, é problema dele".

Errado, senhores proprietários/acionistas!!!

Os usuários colocam exatamente a quantidade de óleo recomendada pelos senhores. Aliás, seria mais correto dizer que eles levam as motos às concessionárias autorizadas da marca (aquelas mesmas com as quais os senhores assinaram contratos e que se pautam pelos padrões recomendados pela fábrica, não tem como escapar disso).

Os usuários levam suas motos a essas concessionárias para revisão, e as retiram confiantes que tenham recebido um serviço dentro dos padrões estabelecidos pelos senhores. E pasmem, senhores, as concessionárias colocam exatamente a quantidade recomendada pelos senhores (é, a responsabilidade é dos senhores, sim! Não dá para jogar nas costas dos proprietários das motos não!)

Eles saem das concessionárias com as motos exatamente com 1 litro de óleo, conforme prescrito pelos senhores.

Os senhores já mediram o nível de óleo das motos que saem de suas concessionárias com 1 litro de óleo? Certamente não, mas nós usuários já.

1 litro mal suja a ponta da vareta medidora. Não chega ao nível mínimo recomendado.

1,2 litro de óleo o nível chega ao limite mínimo de óleo.

1,4 litro corresponde ao nível máximo indicado na vareta medidora. Aliás, rodo com essa quantidade há dois anos, e meu motor vai muito bem, obrigado.

Inclusive, vejam só, senhores proprietários/acionistas, que coincidência interessante:

Nós, proprietários de motos kansas, mirages (uma moto muito parecida, do mesmo fabricante chinês que usa no mínimo 1,2 litro de óleo... curioso, né?) e motos de outras marcas que se tornaram amigos graças à participação neste fórum e ao amor que têm por suas motos, realizamos anualmente um encontro anual. Uma agradável viagem de uns 700 km ida e volta que fazemos sem problemas. O detalhe é que somos teimosos e colocamos sempre 1,2 litro de óleo em nossos motores...  

Nossas viagens sempre ocorrem sem problemas mecânicos. Não temos dó de gastar coisa de 5 reais para garantir a vida de nossos motores.

Pois bem, olhem como são as coisas: voltando de Trindade, encontramos na rodovia Osvaldo Cruz um casal empurrando uma bela kansas laranja no acostamento. Paramos para ajudar, e eles estavam assustados, o motor havia travado em plena rodovia, escaparam muito pouco de serem atropelados.

Os senhores proprietários/acionistas da dafra imaginam o que é cair em uma rodovia com trânsito intenso, pista simples, todos a 80 - 90 km/h? Sabe, muita gente não tem a oportunidade de relatar essa experiência. Eles morrem, senhores proprietários/acionistas! É, eles morrem.

Talvez por isso não existam muitos processos judiciais contra sua empresa.

Mas o Alessandro e a Renata tiveram muita sorte, senhores. O motor fundido com apenas 17 mil km não os derrubou e eles puderam contar a história deles pra gente.

Eles tiveram mais sorte ainda, porque a gente falou pra eles que o que aconteceu não foi um azar deles. Foi uma bobagem de uns 5 reais que a empresa dafra (aquela da qual os senhores são proprietários/acionistas) se recusa a corrigir, apesar de já ter sido alertada veementemente.

Se os senhores proprietários/acionistas têm alguma dúvida, perguntem ao sr. Fábio, do SAC da empresa. Ou ao antecessor dele no cargo. Falei com ambos, via fone, email ou fórum. A posição da engenharia da empresa foi repassada aqui no fórum há algumas semanas.

Os senhores proprietários/acionistas podem não acreditar, mas eles dizem que não há problema algum a ser corrigido. Isso não é incrível? Não é fantástico que nós, que desrespeitamos as instruções do fabricante, façamos viagens de 2000 km sem problema algum, e um proprietário de uma moto com 17 mil km não consiga fazer o trajeto entre Tremembé e uma cidade quase vizinha?

Pergunto aos senhores proprietários/acionistas da dafra, o que mais teremos que fazer para que vocês resolvam definitivamente essa situação que está colocando em sério risco a vida da maioria de proprietários de kansas e speeds (motores similares) que não puderam ser alertados desse problema?

Senhores proprietários/acionistas da dafra, o que os senhores fariam conosco se nós agíssemos da mesma maneira que os senhores agem?

Aguardamos uma resposta que elimine definitivamente o problema. O dinheiro que os senhores utilizam em propagandas com efeitos especiais computadorizados e "astros" globais seria melhor empregado em uma campanha nacional de alerta para este grave problema, indenização aos usuários prejudicados e, aproveitando que os senhores deram atenção até aqui, também ao problema de ruptura repentina dos quadros da kansas.

Os senhores proprietários/acionistas da dafra talvez não saibam, mas os quadros da kansas são propensos à quebra. Teve até o caso de um rapaz de Aracaju, se não me engano, que moveu um processo contra os senhores e perdeu a causa.

Os engenheiros da empresa devem ter desqualificado a queixa.

Minha queixa é que os engenheiros da empresa que não resolvem problemas crônicos apontados é que deveriam ser desqualificados.

Aguardamos um pronunciamento oficial de parte dos senhores acionistas/proprietários da dafra.

Não aguentamos mais tanta protelação e fuga das próprias responsabilidades.

Basta!

Atenciosamente,

Jefferson


Última edição por jeff em Sab Ago 17, 2013 12:17 am, editado 1 vez(es)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Seg Out 31, 2011 1:15 pm



Jeff, lamento dizer, mas duvido que alguém da Dafra se pronuncie e caso se pronunciem o setor responsável (se é que existe este setor nessa empresa) alegará que suas (vossas) queixas nessa carta são infundadas e que o setor de engenharia garantiu que está tudo correto (gostaria de saber qual foi a instituição em que se formaram para não passar nem em frente, pois formam no mínimo pessoas despreparadas).
Uma empresa que trata de problemas graves como esse do jeito que a Dafra trata, tem tudo para fechar as portas. Não adianta gastar milhões em propagandas sendo que a melhor propaganda que tem é gratuita, a de boca em boca de proprietários felizes e confiantes na empresa do qual se tornaram clientes, por isso a Honda, Yamaha, Kawazaki, etc... são o que são, tratam seu clientes com respeito (ainda abaixo do esperado e do que é feito em outros países, porém muitíssimo melhor do que a Dafra tem feito).
O que esperar de um pós venda, sendo que a própria empresa dá instruções erradas para o pessoal da manutenção (mecânicos) que farão as revisões e reparações, e essa mesma empresa persiste no erro ao afirmar que está tudo correto na informação que está no manual do proprietário. O que dirá o mecânico, pois o mesmo não tem culpa, foi instruído pela fábrica a fazer tal procedimento (meu vovô dizia:- Errar é humano, persistir no erro é burrice).
Creio que as concessionárias fecham por não suportar as queixas dos proprietários, pedidos de trocas de peças no período de garantia, a falta de peças e os preços altos das mesmas. Assim fica difícil de trabalhar e atender bem o consumidor que cobra os seus direitos, que diante de tantas reclamações e a ineficiência da Dafra o proprietários dessas revendas abandonam a Dafra (com toda a razão) e se tornam revenda de outras marcas. É uma pena, pois as motos são boas, ruim e sem comprometimento é a empresa que as vende/monta, tinha tudo para ter susseso e ser umas das líder em vendas se aprendesse com os erros e queixas dos seus consumidores, mas como sabemos não é assim!.

Abraço!!

Dan.
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Seg Out 31, 2011 2:51 pm

Talvez não seja despreparo técnico, talvez seja ético.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  danyew2000 em Seg Out 31, 2011 4:03 pm

"Jeff, lamento dizer, mas duvido que alguém da Dafra se pronuncie"
Bom pelo menos o cara tá tentando ne? Alias acho que vai ter resposta sim..!
Pois imagine diretanente ou indiretamente quantas pessoas já foram contempladas com informacoes compartilhada desse forum?
Então pensem bem... as consercionarias nao estariam mais lotadas? mais reclamacoes?
Acho que eles devem muitooooooo a esse forum e vao se pronunciar al Jeff sim!
avatar
danyew2000
Forista
Forista

Número de Mensagens : 132
Idade : 50
Localização : Serra-ES
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 07/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  nego em Seg Out 31, 2011 6:25 pm

Valeu Jefferson, espero que não só os acionistas( proprietários) da Dafra leiam, más algum orgão da imprensa, um jornal conceituado, revistas especializadas ( impressa e virtual) e que esta sua carta tenha o impacto que todos nós usários desejamos, portanto tens o meu apoio, um abraço.
José Luiz.



Ps; enviei convites para as revistas virtuais, Brmotos e Motociclismo Online, espero que aceitem, nos visite e nos faça parceria neste intento.


Última edição por nego em Seg Out 31, 2011 8:32 pm, editado 1 vez(es) (Razão : divulgar nosso alerta)
avatar
nego
Admin
Admin

Número de Mensagens : 978
Idade : 61
Localização : Joinville, S/C
Moto : Super100
Data de inscrição : 02/07/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Convidad em Seg Out 31, 2011 8:33 pm

nego escreveu:Valeu Jefferson, espero que não só os acionistas( proprietários) da Dafra leiam, más algum orgão da imprensa, um jornal conceituado, revistas especializadas ( impressa e virtual) e que esta sua carta tenha o impacto que todos nós usários desejamos, portanto tens o meu apoio, um abraço.
José Luiz.


(2)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 7:01 am

Obrigado, pessoal, vamos fazer ter a maior repercussão possível sim, porque há vidas em risco e elas podem ser salvas com o mínimo esforço por parte da dafra. Basta fazer uma campanha na tv reconhecendo o problema e orientando as concessionárias e os proprietários de kansas e speeds a adicionarem mais óleo, e convocando os proprietários de todas as kansas anteriores ao modelo 2010, mesmo fora de garantia, a uma verificação/substituição dos quadros. Isso se chama recall (a gente tem que ser meio óbvio com eles, né?)

Vinicius, por favor, coloque o link do vídeo e as fotos neste tópico para caracterizar exatamente o problema encontrado.

Caso vocês possam encaminhar o assunto para a imprensa, será necessário pagar pela publicação e identificar a origem do denunciante (eu), para que não se torne carta anônima. Se alguém for fazer isso, me avise para que eu envie meus dados completos.

E eles que me processem, se tiverem a cara de pau e tamanha burrice.

Caramba, nenhum pronunciamento da dafra até agora?

Vou enviar uma mp ao sr. Fabio, vai que ele não viu um assunto na primeira página do fórum....

Um abraço,

Jeff





_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cassius em Ter Nov 01, 2011 7:09 am

Edifrans escreveu:
nego escreveu:Valeu Jefferson, espero que não só os acionistas( proprietários) da Dafra leiam, más algum orgão da imprensa, um jornal conceituado, revistas especializadas ( impressa e virtual) e que esta sua carta tenha o impacto que todos nós usários desejamos, portanto tens o meu apoio, um abraço.
José Luiz.


(2)

(3)

Galera, tem uma forma mais facil de se fazer chegar a imprensa e afins.
Façam dessa carta aberta uma grande corrente da internet, dessas que todo mundo odeia ler! Assim como mandam cronicas de um bebado desorientado, fotos de cachorrinhos fofos e piadas sobre a sogra, enviem também esta carta, copiem e colem a vontade esta carta e mandem para todos os emails que conhecem, para emails de jornais, eu ja enviei para o jornal " O Dia " aqui do RJ, que já é um pouquinho sensacionalista, mas nem tanto, o que pode acabar gerando alguma investigação jornalistica sobre os casos, se todos enviarem para os jornais, alguma repercução vai causar... alguém vai acabar ficando curioso e vai tomar providências, mas temos que nos unir e colocar essa carta para frente!

Jeff! Parabéns pela iniciativa, e como dito no nosso encontro anual, você ainda vai mudar a história!
Grande abraço!

_________________
Vou andar com Café. Pois andar Café não costuma faia. Razz 
avatar
Cassius
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1810
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 18/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 7:18 am

Hummm.... Pode ser uma boa idéia...




Mas não se esqueçam que publicada fora do fórum, esta carta tem que ter alguma maneira de remeter ao autor, seja no fórum, ou com a publicação de meus dados, senão vira carta anônima, e carta anônima para denúncias perde a força. Uma carta com autor tem a quem ser respondida, e uma resposta com a solução do problema para todos os proprietários de motos kansas e speed é o nosso objetivo.

Já enviei uma MP ao Fabio.dafra com o endereço desta discussão.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 7:35 am

L340 escreveu:Talvez não seja despreparo técnico, talvez seja ético.
Vinicius, taí uma boa questão.

Se a empresa insiste que não há problema algum, apesar das queixas e evidências óbvias, me pergunto o que eles ganham com isso.

E a única conclusão a que chego é a de que eles estariam lucrando com a venda de peças, apesar da repercussão negativa sobre a imagem da empresa.

Mas isso seria tão sórdido, que estaria abaixo de qualquer padrão mínimo de humanidade.

Não é mesmo, sr. Fabio/SAC dafra?

Não é mesmo, sr. Creso Franco?

Um abraço, Vinicius,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA - PARTE 2

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 9:03 am

Senhores proprietários/acionistas da dafra,

Acabo de lembrar de outro incidente ocorrido em nossa viagem que remete diretamente à seriedade com que a empresa dafra trata seus produtos e clientes.

Eu ia criar um tópico específico sobre ele, mas cheguei à conclusão de que ele se encaixa perfeitamente aqui.

Durante a viagem de ida, tivemos uma série de incidentes, tipo pneu furado do Edi, e a corrente que pulou fora da coroa da minha moto (nenhum deles por culpa da dafra), mas essa série proporcionou uma descoberta feliz (para nós, não para a dafra).

Acabamos por ficar para trás, e quando finalmente alcançamos o grupo, Vinicius e eu estacionamos nossas motos em frente do pessoal que aguardava nas mesas do lado de fora da padaria.

Por mera obra do acaso (ou da providência divina, vai saber), a roda dianteira do Vinicius parou exatamente de frente para nosso colega Mãozinha, recém integrado ao grupo, que percebeu o detalhe:

O pneu dianteiro da moto do Vinicius estava montado invertido. A seta direcional apontava no sentido contrário ao sentido de giro da roda.

Ou seja, um pneu que foi fabricado para girar em uma direção, estava girando no sentido contrário desde que foi instalado na moto nas linhas de montagem da dafra. Aquele pneu nunca havia sido desmontado depois que saiu da fábrica. O erro de montagem aconteceu em Manaus, se as rodas vêm montadas de lá, ou na concessionária, se por acaso ela for encarregada desse serviço. Ou seja, o pneu foi montado errado pela dafra. Ponto final.

Ora, um pneu feito para girar em um sentido por determinação de quem o fabricou, girando para o lado oposto, não teria sido danificado? A inspeção do pneu mostrou um talho de aproximadamente 4 centímetros na banda de rodagem.

O pneu estava a ponto de estourar! Bastava que a câmara de ar fosse mordida pelo talho para que o pneu se esvaziasse instantaneamente.

Senhores proprietários/acionistas da dafra, os senhores sabem o que acontece com o piloto/garupa quando o pneu dianteiro se esvazia subitamente na estrada com trânsito intenso a 80 - 90 km/h?

Nós morremos, senhores proprietários/acionistas. Mesma coisa se o motor travar por falta de óleo, mesma coisa se o quadro se partir. Nós morremos.

É coisa de se perguntar:

Qual o treinamento que sua empresa ministra aos funcionários? Qual o controle de qualidade de uma empresa que permite que motos, máquinas que apresentam certo risco por natureza, saiam da linha de montagem com erros tão grosseiros, crassos, irresponsáveis?

É com esse nível de qualidade que os senhores pretendem montar as BMW, as MV Agusta, as outras motos que pretendem trazer para o Brasil?

Ou nós proprietários de motos populares somos cidadãos/clientes de segunda categoria, descartáveis?

Só para deixar claro: não somos.

Eu proponho, senhores proprietários/acionistas, o seguinte desafio:

Vamos percorrer uma distância razoável de kansas, em quase igualdade de condições. Digamos, uns 30 mil km por este Brasil afora. No caminho, poderemos questionar proprietários de kansas e speeds sobre os problemas que eventualmente certamente enfrentaram com suas motos. Não seria interessante ouvir o que eles têm a relatar sobre as motos e o atendimento de suas respectivas concessionárias?

Façamos assim: eu irei com minha moto e os senhores utilizarão uma kansas do mesmo ano que a minha (mesmo quadro), se possível com a mesma quilometragem (mas isso não é fundamental; ela pode ser zero km, basta que façamos as revisões nas concessionárias autorizadas ao longo do caminho. E que eu acompanhe para ver se estão colocando a quantidade de óleo recomendada pelos senhores, 1 litro.)

Então, a moto em que os senhores viajarão será montada com o pneu dianteiro invertido, com 1 litro de óleo e sem reforço no quadro.

Os senhores topam o desafio? Vamos lá, senhores, afinal, o que poderia dar errado?

Aguardamos suas respostas, senhores.

Sem mais, por enquanto,

Jefferson

PS: O Vinicius acabou criando um tópico específico sobre este problema, segue o link com fotos:

http://dafra.forumais.com/n3814-pneu-montado-errado-risco-de-acidentes-graves

Muito bem lembrado, este item também deve ser colocado na campanha nacional de alerta aos usuários de motos dafra, verifiquem se seus pneus foram montados corretamente para evitar o risco de estouro repentino dos pneus.




Última edição por jeff em Ter Nov 01, 2011 10:44 am, editado 2 vez(es)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Convidad em Ter Nov 01, 2011 9:28 am

jeff escreveu:

Façamos assim: eu irei com minha moto e os senhores utilizarão uma kansas do mesmo ano que a minha (mesmo quadro), se possível com a mesma quilometragem (mas isso não é fundamental; ela pode ser zero km, basta que façamos as revisões nas concessionárias autorizadas ao longo do caminho. E que eu acompanhe para ver se estão colocando a quantidade de óleo recomendada pelos senhores, 1 litro.)

Então, a moto em que os senhores viajarão será montada com o pneu dianteiro invertido, com 1 litro de óleo e sem reforço no quadro.

Os senhores topam o desafio? Vamos lá, senhores, afinal, o que poderia dar errado?

Aguardamos suas respostas, senhores.

Sem mais, por enquanto,

Jefferson


Opa,

Tenho até outra sugestão, na mesma linha que o amigo Jeff!!!

Nem precisa ser os 30000KM, pode ser até uma simples viagem (Florianópolis-SC X Fortaleza-CE X Florianópolis-SC) aprox. 7500KM "roteiro da viagem a escolha dos senhores".

Possivelmente participe também dessa viagem!!!


Abraço,

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Ter Nov 01, 2011 9:42 am

...hummm eu vou nessa viagem que o Edi sugeriu, porém o pessoal da Dafra já sairá sem revisão, pois aqui não tem mais concessionária Dafra, agora eu duvido que o engenheiro vá em uma kansas 2008 (é aquele mesmo que fala que está tudo certo e não tem problema algum tanto estrutural quanto de quantidade de óleo), e na minha Speed ninguém da Dafra encosta para fazer revisões!!

Abraço!

Dan.
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Ter Nov 01, 2011 9:43 am

jeff escreveu:Senhores proprietários/acionistas da dafra,

Acabo de lembrar de outro incidente ocorrido em nossa viagem que remete diretamente à seriedade com que a empresa dafra trata seus produtos e clientes.

Eu ia criar um tópico específico sobre ele, mas cheguei à conclusão de que ele se encaixa perfeitamente aqui.

Durante a viagem de ida, tivemos uma série de incidentes, tipo pneu furado do Edi, e a corrente que pulou fora da coroa da minha moto (nenhum deles por culpa da dafra), mas essa série proporcionou uma descoberta feliz (para nós, não para a dafra).

Acabamos por ficar para trás, e quando finalmente alcançamos o grupo, Vinicius e eu estacionamos nossas motos em frente do pessoal que aguardava nas mesas do lado de fora da padaria.

Por mera obra do acaso (ou da providência divina, vai saber), a roda dianteira do Vinicius parou exatamente de frente para nosso colega Mãozinha, recém integrado ao grupo, que percebeu o detalhe:

O pneu dianteiro da moto do Vinicius estava montado invertido. A seta direcional apontava no sentido contrário ao sentido de giro da roda.

Ou seja, um pneu que foi fabricado para girar em uma direção, estava girando no sentido contrário desde que foi instalado na moto nas linhas de montagem da dafra. Aquele pneu nunca havia sido desmontado depois que saiu da fábrica. O erro de montagem aconteceu em Manaus, se as rodas vêm montadas de lá, ou na concessionária, se por acaso ela for encarregada desse serviço. Ou seja, o pneu foi montado errado pela dafra. Ponto final.

Ora, um pneu feito para girar em um sentido por determinação de quem o fabricou, girando para o lado oposto, não teria sido danificado? A inspeção do pneu mostrou um talho de aproximadamente 4 centímetros na banda de rodagem.

O pneu estava a ponto de estourar! Bastava que a câmara de ar fosse mordida pelo talho para que o pneu se esvaziasse instantaneamente.

Senhores proprietários/acionistas da dafra, os senhores sabem o que acontece com o piloto/garupa quando o pneu dianteiro se esvazia subitamente na estrada com trânsito intenso a 80 - 90 km/h?

Nós morremos, senhores proprietários/acionistas. Mesma coisa se o motor travar por falta de óleo, mesma coisa se o quadro se partir. Nós morremos.

É coisa de se perguntar:

Qual o treinamento que sua empresa ministra aos funcionários? Qual o controle de qualidade de uma empresa que permite que motos, máquinas que apresentam certo risco por natureza, saiam da linha de montagem com erros tão grosseiros, crassos, irresponsáveis?

É com esse nível de qualidade que os senhores pretendem montar as BMW, as MV Agusta, as outras motos que pretendem trazer para o Brasil?

Ou nós proprietários de motos populares somos cidadãos/clientes de segunda categoria, descartáveis?

Só para deixar claro: não somos.

Eu proponho, senhores proprietários/acionistas, o seguinte desafio:

Vamos percorrer uma distância razoável de kansas, em quase igualdade de condições. Digamos, uns 30 mil km por este Brasil afora. No caminho, poderemos questionar proprietários de kansas e speeds sobre os problemas que eventualmente certamente enfrentaram com suas motos. Não seria interessante ouvir o que eles têm a relatar sobre as motos e o atendimento de suas respectivas concessionárias?

Façamos assim: eu irei com minha moto e os senhores utilizarão uma kansas do mesmo ano que a minha (mesmo quadro), se possível com a mesma quilometragem (mas isso não é fundamental; ela pode ser zero km, basta que façamos as revisões nas concessionárias autorizadas ao longo do caminho. E que eu acompanhe para ver se estão colocando a quantidade de óleo recomendada pelos senhores, 1 litro.)

Então, a moto em que os senhores viajarão será montada com o pneu dianteiro invertido, com 1 litro de óleo e sem reforço no quadro.

Os senhores topam o desafio? Vamos lá, senhores, afinal, o que poderia dar errado?

Aguardamos suas respostas, senhores.

Sem mais, por enquanto,

Jefferson






...Acho que é por isso que a BMW decidiu montar uma Fábrica em Imbituba...
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 10:14 am

Recebido via MP:
Fabio.Dafra escreveu:Jefferson, bom dia!

Sua carta foi repassada para nossos diretores.



Abraços,

Fábio

Minha resposta:

De jeff Para Fabio.Dafra, Hoje à(s) 12:13 pm

Agradeço a agilidade, Fabio

Por favor, encaminhe também a Parte 2, que se encontra no mesmo tópico. Infelizmente, só lembrei desse evento hoje, mas já complementei o tópico.

Grato,

Jefferson

O assunto começa a caminhar.

Um abraço,

Jeff


Última edição por jeff em Ter Nov 01, 2011 10:26 am, editado 1 vez(es)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Ter Nov 01, 2011 10:18 am




Caminhar começou, veremos se haverá solução!

Abraço!

Dan.
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Convidad em Ter Nov 01, 2011 11:11 am

Dan Floripa escreveu:


Caminhar começou, veremos se haverá solução!

Abraço!

Dan.

Opa,

E que seja diferente de "se encostar numa sombra qualquer".


Abraço,

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Ter Nov 01, 2011 12:30 pm

Como conversamos por MP, o Jeff preferiu manter o áudio original e adicionar as legendas.
Estou enviando o link para ele incluir a legenda e depois postar aqui o vídeo.
Quanto as fotos, vou pintar a placa dele e já vou postar.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Ter Nov 01, 2011 5:46 pm


Moto do Alessandro e Renata, que encontramos sendo empurrada na Rodovia Osvaldo Cruz quando voltávamos de Trindade. A moto deles está com 17623 km rodados e travou o motor, por muito pouco não ocasionando um acidente. Quando questionado sobre a quantidade de óleo que ele havia colocado, foi direto: "1 litro, a quantidade que manda no manual".

Por conta disso, quase foram atropelados no trânsito intenso da rodovia na volta do domingo. Nós os deixamos aguardando o socorro do DER em um quiosque na beira da estrada. Esperamos que tenham conseguido chegar bem e aguardamos que entrem em contato. Contem com nosso apoio para as providências cabíveis.


Última edição por L340 em Ter Nov 01, 2011 6:07 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Ter Nov 01, 2011 5:48 pm

Leão, por favor acrescente o texto explicativo.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Querem chamar atenção?

Mensagem  oalexandre em Qua Nov 02, 2011 7:21 pm

Postem os defeitos que suas motos vem apresentando no site: www.reclameaqui.com.br. Queimando o filme da dafra eles vão sentir uma considerável queda nas vendas. E se tiverem juízo, vão procurar a causa e tentar saná-la.

_________________


Seu "passeio" de ônibus é um oferecimento DAFRA MOTOS.
avatar
oalexandre
Membro Senior
Membro Senior

Número de Mensagens : 879
Idade : 35
Localização : divinópolis-mg
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 04/10/2008

http://www.reclameaqui.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qui Nov 03, 2011 6:56 am

Fala, Alexandre!

Segundo o Fabio.dafra, a carta foi enviada aos diretores. Vamos esperar uns 2 dias para ver como eles se manifestam.

Opa, já se passaram 2 dias!

Cadê a resposta deles?

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cassius em Qui Nov 03, 2011 8:32 am

Devem estar pensando na resposta, quanto ao site Reclameaqui.com.br todos os defeitos que achei na moto eu fui lá reclamar, pois descobri que só assim sou atendido, quando so reclamava na autorizada, a moto ia e voltava com o mesmo problema. quando reclamei no site, eles entraram em contato comigo e pediram desculpas, e levando na concessionária, o problema era sanado. mas só depois que comecei a usar o site reclame aqui.

_________________
Vou andar com Café. Pois andar Café não costuma faia. Razz 
avatar
Cassius
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1810
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 18/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qui Nov 03, 2011 11:20 am

Padawan raladinho, alguma novidade sobre a postagem na imprensa?

Alguma novidade sobre o assunto comentado em Trindade?

Meu tempo está ficando curto....

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qui Nov 03, 2011 2:56 pm

Já se passaram 48 horas e nenhuma resposta até agora.

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 15 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum