FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Página 15 de 15 Anterior  1 ... 9 ... 13, 14, 15

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qua Ago 22, 2012 12:50 pm

Respondendo à pergunta sobre a moto morrer fria ou quente, acontece o seguinte:

Motor com um pistão só de apenas 125 ou 150 cc é muito sensível às condições do momento. Num motor com 4 cilindros, a cada rotação do motor tem um pistão fazendo força com a explosão.

No motor monocilíndrico de 4 tempos, só ocorre uma explosão a cada dois giros do motor. Então as variações de temperatura do cilindro, temperatura ambiente, qualidade da alcolina, condições da vela e tensão da bateria se refletem de maneira muito sensível no desempenho do motor, no seu caso ainda mais porque o motor ainda não foi amaciado e ele trabalha mais justo até que as partes se acomodem e ele passe a girar mais livre.

Uma coisa que complica as coisas na kansas é a ausência de um conta-giros. Nunca sabemos como está regulada a marcha lenta de nossas motos. O certo é que ela fique com 1500 rpm, de acordo com o manual do proprietário, mas quase todo mecânico tem a mania de deixar a marcha lenta com a rotação mais baixa possível. O que é errado, porque acaba causando esse tipo de dor de cabeça para os clientes.

Experimente aumentar um pouco a marcha lenta para que a moto pare de morrer em baixa rotação.

Tem outra coisa:

É normal a rotação de marcha lenta aumentar depois que a moto se aquece. Isso ocorre porque o motor atinge a temperatura normal de funcionamento, as folgas chegam aos valores de projeto e tudo funciona mais redondo.

No entanto, a marcha lenta muito acelerada contribuirá para que o motor se aqueça mais que o normal quando você ficar parado nos semáforos, quando não haverá fluxo de ar nas aletas do motor para dissipar o calor gerado.

Eu encaro como uma coisa super normal alterar a regulagem ao longo do dia e isso era muito fácil no carburador da 2009, faço isso com os dedos sentado na moto. Mas os gênios da engenharia acharam de mudar o projeto do carburador e agora só é possível alterar essa regulagem com uma chave. Fazer o quê, né?

Os homens têm que mostrar serviço...

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Qua Ago 22, 2012 6:59 pm

jeff escreveu:Respondendo à pergunta sobre a moto morrer fria ou quente, acontece o seguinte:

Motor com um pistão só de apenas 125 ou 150 cc é muito sensível às condições do momento. Num motor com 4 cilindros, a cada rotação do motor tem um pistão fazendo força com a explosão.

No motor monocilíndrico de 4 tempos, só ocorre uma explosão a cada dois giros do motor. Então as variações de temperatura do cilindro, temperatura ambiente, qualidade da alcolina, condições da vela e tensão da bateria se refletem de maneira muito sensível no desempenho do motor, no seu caso ainda mais porque o motor ainda não foi amaciado e ele trabalha mais justo até que as partes se acomodem e ele passe a girar mais livre.

Uma coisa que complica as coisas na kansas é a ausência de um conta-giros. Nunca sabemos como está regulada a marcha lenta de nossas motos. O certo é que ela fique com 1500 rpm, de acordo com o manual do proprietário, mas quase todo mecânico tem a mania de deixar a marcha lenta com a rotação mais baixa possível. O que é errado, porque acaba causando esse tipo de dor de cabeça para os clientes.

Experimente aumentar um pouco a marcha lenta para que a moto pare de morrer em baixa rotação.

Tem outra coisa:

É normal a rotação de marcha lenta aumentar depois que a moto se aquece. Isso ocorre porque o motor atinge a temperatura normal de funcionamento, as folgas chegam aos valores de projeto e tudo funciona mais redondo.

No entanto, a marcha lenta muito acelerada contribuirá para que o motor se aqueça mais que o normal quando você ficar parado nos semáforos, quando não haverá fluxo de ar nas aletas do motor para dissipar o calor gerado.

Eu encaro como uma coisa super normal alterar a regulagem ao longo do dia e isso era muito fácil no carburador da 2009, faço isso com os dedos sentado na moto. Mas os gênios da engenharia acharam de mudar o projeto do carburador e agora só é possível alterar essa regulagem com uma chave. Fazer o quê, né?

Os homens têm que mostrar serviço...

Um abraço,

Jeff
Na Intruder tb é um saco, vc tem que ter uma chave para mexer.

Teve um sujeito que desenvolveu o próprio conta giros em cima (ou embaixo) de um velocimetro estragado, ficou bacana.
Também já vi um projeto de um conta giros de bancada, justamente para deixar na oficina para essas motos.
Mas o que eu gosto mais no conta giros é dá uma sensação de que a moto corre pra daná heheheheh.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Qua Ago 22, 2012 6:59 pm

luciano santos da silva escreveu:Dan e Jeff,vocês estão certos mesmo,pensando bem depois que li seus comentários vi mesmo que depois de um certo tempo ela faz isso,quando ela aquece,mas o estranho que ontem,ao levar ela pra oficina,ela apagou varias vezes e estava fria,então ela apaga quando ta fria e quando ta quente??
A uns 3meses atras tive o prazer de pilotar a rocker c de um amigo,ele teve a coragem de deixa-la comigo 3 semanas,notei que ela também aquece demais e na verdade,preparecem pro absurdo,me sinto bem mais confortavel no meu "dragaõ negro",apesar dos pesares,minha moto é mais confortavel,é obvio que não vou comprar uma harley com uma kansas,mas me refiro a conforto e aquecimento,achei que essa moto fosse mais corfortavel e não aquecesse tanto.
Voltando ao assunto,bom,vou prestar mais atenção ao que a moto me fala,acho que ando um tanto empolgado com o prazer de pilotar minha kansas.
Liguei pra Dafra,não me recordo bem o nome da pessoa que atendeu,fiz uma série de perguntas e fui bem atendido mas....essa pessoa me disse que essa moto não foi feita pra viajar...é isso mesmo?????
kkkkkkkk lembrei do Zanchetta agora, saindo lá de casa com sua finada Kansas e falando:
"Eu desisti da Harley pq ela esquenta demais"
E a gente rachando o bico.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Qua Ago 22, 2012 6:59 pm

jeff escreveu:
Edifrans escreveu:Opa,

luciano santos da silva escreveu: que essa moto não foi feita pra viajar...é isso mesmo?????

Esse comentário que ela fez deve ser referente as Kansas que andam com 1 litro de óleo no motor. Já prevendo o travamento a DAFRA estaria tomando esse cuidado?!?!?! he he he he Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil

Estenda a ela o convite do seguinte tópico:
http://dafra.forumais.com/t4467-encontros-sp-agenda-2012-setembro

Ano passado o destino foi Foz do Iguaçu.


Abraço,
Edi, é arriscado convidá-la a acompanhar o grupo que vai a Montevidéu.

Caso concorde em fazer essa viagem, com 1 litro de óleo ela estará correndo risco de vida.

Esse assunto é sério, ainda mais que a posição que eles defendem agora lá no site é que a moto kansas não foi feita para viajar.

Depois a pessoa se estatela porque o motor travou por falta de óleo e vão dizer que a culpa é nossa que resolvemos viajar com a moto.

Vou sair para dar risada e já volto.

Um abraço,

Jeff
Simples, manda ela escolher uma moto que eles informam a quantidade correta de óleo consideram apta a viajar e ela junto assistindo. Razz

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cássio Fernandes em Qua Ago 22, 2012 7:03 pm

O lance do conta giros tem o eletronico, que funciona com o pulso da bobina, tem pra carro no mercado livre e no ebay tem também, tem um integrante do fórum que comprou e eu até iria comprar dele, mas, faltou-me grana na oportunidade, coisa de 100 pratas e instalação simples, cola onde quiser e coloca um fio envolvendo o cabo da bobina. Pronto!

Abraços

_________________
Toda e qualquer informação divulgada com minha assinatura é de minha inteira responsabilidade e demonstram minha opinião pessoal como proprietário de uma motocicleta Dafra Kansas 150cc, nenhuma lei está sendo desrespeitada, conforme a Constituição Federal Brasileira, em seu artigo 220, transcrito a seguir.
Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Se possível, se inscreva no meu canal.
www.youtube.com/cassiofernandes0627
avatar
Cássio Fernandes
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1914
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte-MG
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 14/11/2010

http://cassiofernandes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qua Ago 22, 2012 7:31 pm

L340 escreveu:
jeff escreveu:
Edifrans escreveu:Opa,

luciano santos da silva escreveu: que essa moto não foi feita pra viajar...é isso mesmo?????

Esse comentário que ela fez deve ser referente as Kansas que andam com 1 litro de óleo no motor. Já prevendo o travamento a DAFRA estaria tomando esse cuidado?!?!?! he he he he Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil

Estenda a ela o convite do seguinte tópico:
http://dafra.forumais.com/t4467-encontros-sp-agenda-2012-setembro

Ano passado o destino foi Foz do Iguaçu.


Abraço,
Edi, é arriscado convidá-la a acompanhar o grupo que vai a Montevidéu.

Caso concorde em fazer essa viagem, com 1 litro de óleo ela estará correndo risco de vida.

Esse assunto é sério, ainda mais que a posição que eles defendem agora lá no site é que a moto kansas não foi feita para viajar.

Depois a pessoa se estatela porque o motor travou por falta de óleo e vão dizer que a culpa é nossa que resolvemos viajar com a moto.

Vou sair para dar risada e já volto.

Um abraço,

Jeff
Simples, manda ela escolher uma moto que eles informam a quantidade correta de óleo consideram apta a viajar e ela junto assistindo. Razz
É, mas ainda assim vai ter um coitado em cima da moto....

Bom, se for o engenheiro que disse que a moto anda com 0,8 litro e no máximo 1,2 litro de óleo, será bem feito pra ele.


Ah, agora que eu entendi... eles não iam se arriscar a mandar ninguém numa kansas, eies iam acompanhar a gente a bordo de uma moto que o motor não desse pau por falta de óleo, tipo uma next ou uma riva...

Mas não seria mais fácil só colocar um pouco a mais de óleo no motor de uma kansas? scratch

Aí eles paravam de ter receio da moto e quem sabe começassem a recomendá-la aos clientes.

Mas ainda acho que seria mais justo e divertido ver o engenheiro 0,8-1,2 pagando o micão...

Coitado...


Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Qui Ago 23, 2012 8:00 pm

Cássio Fernandes escreveu:O lance do conta giros tem o eletronico, que funciona com o pulso da bobina, tem pra carro no mercado livre e no ebay tem também, tem um integrante do fórum que comprou e eu até iria comprar dele, mas, faltou-me grana na oportunidade, coisa de 100 pratas e instalação simples, cola onde quiser e coloca um fio envolvendo o cabo da bobina. Pronto!

Abraços
pow, 100 pratas deve ser mais barato que fabricar um em casa.
Vou tentar falar com o cara e ver quanto ele gastou (mas ainda tem que considerar o custo do copo).

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cássio Fernandes em Qui Ago 23, 2012 8:24 pm

Recall, uns fazem para evitar que uma vida aconteça (entre outras coisas), outros não fazem nada para vidas não se perderem.

http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2012/08/olla-faz-recall-de-620-mil-preservativos.html


Abraços

_________________
Toda e qualquer informação divulgada com minha assinatura é de minha inteira responsabilidade e demonstram minha opinião pessoal como proprietário de uma motocicleta Dafra Kansas 150cc, nenhuma lei está sendo desrespeitada, conforme a Constituição Federal Brasileira, em seu artigo 220, transcrito a seguir.
Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Se possível, se inscreva no meu canal.
www.youtube.com/cassiofernandes0627
avatar
Cássio Fernandes
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1914
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte-MG
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 14/11/2010

http://cassiofernandes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qui Ago 23, 2012 8:33 pm

Pois é...

Pode se partir ao meio quando você menos espera....

Ainda bem que não trava em velocidade máxima... Razz Razz Razz

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cássio Fernandes em Qui Ago 23, 2012 8:35 pm

jeff escreveu:Pois é...

Pode se partir ao meio quando você menos espera....

Ainda bem que não trava na hora que é usada a toda velocidade... Razz Razz Razz

Um abraço,

Jeff

Razz Razz Razz Razz

_________________
Toda e qualquer informação divulgada com minha assinatura é de minha inteira responsabilidade e demonstram minha opinião pessoal como proprietário de uma motocicleta Dafra Kansas 150cc, nenhuma lei está sendo desrespeitada, conforme a Constituição Federal Brasileira, em seu artigo 220, transcrito a seguir.
Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Se possível, se inscreva no meu canal.
www.youtube.com/cassiofernandes0627
avatar
Cássio Fernandes
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1914
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte-MG
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 14/11/2010

http://cassiofernandes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Qui Ago 23, 2012 8:42 pm

Carambas!!!

Postei e corrigi, e foste mais rápido!!

Cássio, the Flash!

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Cássio Fernandes em Qui Ago 23, 2012 8:44 pm

jeff escreveu:Carambas!!!

Postei e corrigi, e foste mais rápido!!

Cássio, the Flash!

Um abraço,

Jeff

Tempo ocioso...
Razz Razz Razz

Abraços

_________________
Toda e qualquer informação divulgada com minha assinatura é de minha inteira responsabilidade e demonstram minha opinião pessoal como proprietário de uma motocicleta Dafra Kansas 150cc, nenhuma lei está sendo desrespeitada, conforme a Constituição Federal Brasileira, em seu artigo 220, transcrito a seguir.
Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Se possível, se inscreva no meu canal.
www.youtube.com/cassiofernandes0627
avatar
Cássio Fernandes
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1914
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte-MG
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 14/11/2010

http://cassiofernandes.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Seg Dez 03, 2012 10:39 am

Bom depois de 4 anos sendo mal tratado e enrolado pela Dafra, resolvi mostrar para vocês como está minha moto, pois já contei aqui em algum lugar do Fórum o que passei com a Dafra e as promessas que me fizeram.
Vou resumir os fatos.
Comprei minha moto final de Março/início de Abril de 2008 na concessionária/revenda Dafra (que era a Show Motos da Superauto) após vender minha CB450, pois queria uma moto mais leve e econômica. Pois bem mais leve a Speed era (e é), mas mais econômica não era mesmo!. Minha CB fazia entre 22 e 24km/L enquanto minha Speed estava fazendo 21-22km/L, o que é um consumo muito alto para uma 150cc.
Logo começou a entrar água nos piscas e no farol, o que ocasionava oxidação dos refletores e dos contatos das lâmpadas (que resolvi botando fita isolante, que por sinal ainda continuam nos piscas), o escape e alguns parafusos começaram a oxidar e olha que a moto ficava na garagem e eu passava WD40 para cuidar/manter/preservar e percebi que havia diferença entre o tacógrafo e o velocímetro. Fui lá reclamar do consumo, infiltração, oxidação e do painel, me falaram que era normal e que resolveriam na revisão dos 1.000km. Pois bem Foi feita a revisão dos 1.000km e os problemas continuaram, só lavaram a moto e trocaram o óleo, como não tive como reclamar pois tinham esquecido de trazer minha moto para loja e o mecânico a troxe pilotando (sem documentos), percebi que ele desceu da moto meio assustado o que me deixou muito cabreiro. Mas como já era noite fui para casa e deixei de lado.
Na revisão dos 3.000km pedi pra verificarem e arrumarem os problemas da revisão dos 1.000km, mais a troca do escape que estava muito feio. Ao retirar a moto da revisão dos 3.000km andei um pouco e vi que a moto estava amarrada, parei e fui verificar. A moto estava freada, pois esticaram a corrente igual a corda de um violão e para completar não regularam o freio, e não resolveram o que eu tinha pedido. Chegando em casa fui verificar a moto inteira para ver se não tinha mais nada de errado. Bom percebi que o tanque tinha umas bolhinhas e sinais de oxidação por baixo da tinta em uns pontos do tanque, lembrei da revisão dos 1.000km na qual o mecânico chegou meio assustado, e continuei analisando a moto, mas não percebia nada além das oxidações pelo tanque, escape e em alguns parafusos e pontos do chassi.
A essa altura eu já tinha ido lá reclamar da oxidação do tanque, escape e outros pontos da moto, a resposta do rapaz da Dafra/Superauto foi que na revisão dos 6.000km seria trocado, mas eu tinha feito a revisão dos 3.000km faziam 3 dias e nada tinha sido feito (além de molharem a moto e estragarem a regulagem da corrente/freio traseiro). Chegando em casa liguei para o 0800-7732372 (número esse que vinha atrás do manual do proprietário), Falei que não faria a revisão dos 6.000km sem antes minha moto ser devidamente reparada, falaram que encaminhariam minhas reclamações para o setor responsável e entrariam em contato comigo.
Enquanto eu aguardava a resposta do setor responsável, continuei a verificar a moto em busca do problema que tinha assustado o mecânico que trouxe a minha moto na revisão dos 1.000km, eis que descubro, o chassi da minha moto estava torto, sim torto de fábrica!! affraid .
Fui em um conhecido meu que alinha chassi e mostrei minha Speed para ele, e ele disse que já tinha alinhado outras Speeds com o mesmo problema, e nada de um retorno da Dafra. Bom a Superauto fechou as portas e ficou um tempo sem autorizada Dafra por aqui até abrir a Andreaza Motos, que quando abriu, voltei a ligar para Dafra (antes disso já tinha os questionado a respeito da quantidade de óleo) e reenviaram minhas queixas para o setor responsável. Bom passou mais um tempo, até que surgiu o nome do Sr. Fábio, Sr. esse que resolvia os problemas das motos, no qual postaram aqui.
Vendo isso contatei o advogado que me orientou tentar resolver isso de forma amigável que seria melhor e mais rápido. Tendo o advogado pedido para resolver de forma amigável e o Sr. Fábio resolvendo os problemas do pessoal, fiquei esperançoso e mandei mais um e-mail para a Dafra, que retornou a ligação alguns dias depois (31/08/2011 e me forneceram o número de protocolo 558939490) falando que estavam sem autorizada (a Andreaza já tinha deixado a Dafra), mas que era para eu levar a Moto a uma oficina que estava prestando serviços para a Dafra para verificar se minha moto enquanto não abriam uma outra autorizada. Pois bem essa oficina é de um amigo meu é a Moto Águia, passou um tempo no qual não sei precisar até abrirem a Simotos multimarcas autorizada Dafra. Voltei a mandar um e-mail com o número de protocolo questionando quanto tempo mais levaria (isso que fui no Simotos e falei sobre o problema da minha moto/garantia levei tudo para eles, e minha reclamação acabou se perdendo lá dentro, o Jeff é testemunha, pois estávamos juntos nesse dia).Em Junho de 2012 ligaram da Dafra falando para eu levar a moto na Simotos para fazer uma vistoria e que as peças da minha moto seriam trocadas. Bom eu estava passando um tempo na casa da minha mãe em Imbituba (uns 100 km de distância de Floripa), vim correndo no dia seguinte da ligação, onde chegando na Simotos falei com a Valquíria (se não me falha a memória), ela tirou fotos do chassi, cilindro mestre de freio, escape, tanque, painel e das carenagens (enfim da moto inteira). Ela disse que as peças defeituosas da minha moto seriam trocadas e que as peças de reposição chegariam em uns 15-20 dias e que o chassi da minha moto seria trocado e levaria de 30 a 45 dias para um chassi novo ser remarcado e enviado.
Bom fiquei empolgado em ter os problemas da minha moto sanado, e como ela ficaria aparentemente nova, fiquei tentado em pegar a Next, já que aceitavam minha Speed de entrada; passou Julho, Agosto, Setembro aí minha paciência extrapolou liguei para o advogado acabei entrando com uma ação contra a Dafra, pois cansei de tentar as coisas amigavelmente, quem sabe judicialmente as coisas se resolvam.

Não tenho nada contra minha Cocota, pois é uma moto muito boa, o problema está na empresa!

Segue as fotos feitas hoje com o auxílio do Jeff, que aparece segurando a Cocota:























Um abraço!

Dan.
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  jeff em Seg Dez 03, 2012 12:59 pm

Pois é, as fotos não fazem justiça à Cocota.

Ao vivo a má impressão que esses descascados da pintura causam é muito pior.

Há algum tempo atrás eu postei que via de regra os proprietários de kansas estavam mais satisfeitos com suas motos do que os de speeds e outras motos antigas da dafra. Se os problemas da moto do Daniel tivessem acontecido comigo, eu não teria tido paciência de esperar todo esse tempo por uma solução da empresa.

Acho que já disse isso aqui, mas neste caso preciso repetir:

Qual é a intenção dos funcionários da dafra ao deixar uma moto com tamanhos problemas gritantes sem dar uma solução para a reclamação do cliente?

Chega a parecer que tem gente lá dentro empenhada em queimar o filme da empresa. Que tipo de imagem uma moto com tamanhos defeitos de pintura e acabamento passa para possíveis interessados?

A quem interessa não resolver um problema de mau acabamento como esse?

Que tipo de imagem a empresa passa para o mercado teimando em não resolver problemas reclamados justamente por clientes, ou o problema da quantidade incorreta de óleo de kansas e speeds, e fingindo-se de morta quanto ao problema de quebra dos quadros das kansas?

Não dá para entender como questões como essas chegam ao conhecimento do presidente da empresa e ele assina um documento desmerecendo nossa denúncia, apesar de ela poder ser comprovada a qualquer momento e sem qualquer margem de dúvida por qualquer pessoa que se disponha a fazer exatamente o processo de medição recomendado por eles.

Ou ele está sendo muito mal assessorado, ou não dá a mínima importância.

Lamentável em ambos os casos, e quanto mais o tempo passa, pior fica.

E eles não percebem isso.

Ou não querem admitir.

Mas contra fatos não há argumentos.

Um abraço, e boa sorte com sua moto,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Seg Dez 03, 2012 1:17 pm



Bom não troquei o visor de freio, apenas o cobri com silicone alta temperatura, pois se por ventura vazar o fluido de feio e eu me acidentar em decorrência desse problema, terei como processá-los através do tribunal civil e do ministério público, pois envolve risco de vida/segurança aos passageiros/pedestres e a Dafra não poderá alegar que eu fiz um repara indevido.
O escapamento soltou o miolo, pois a solda apodreceu. Quase ganhei uma multa esses dias, se ganhar, será mais uma coisa para anexar e cobrar judicialmente.
Ah quanto a propaganda que a moto faz sozinha nem preciso falar, tenho amigos e conhecidos meus que viram todos os problemas, mal atendimento e dificuldade em sanar os problemas que tive com a Dafra e acabaram comprando motos da Honda, Yamaha e Suzuki, deixando de comprar motos da Dafra, e olha que sempre falei bem da minha moto.
Só quem perde com isso é a Dafra Evil or Very Mad

Um abraço!
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Ter Dez 04, 2012 5:57 pm

Pois é, parece que existe um treinamento para os funcionários dizerem "é assim mesmo".
Eu já ouvi isso e tenho certeza que muita gente já ouviu.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Ter Dez 04, 2012 6:01 pm

L340 escreveu:Pois é, parece que existe um treinamento para os funcionários dizerem "é assim mesmo".
Eu já ouvi isso e tenho certeza que muita gente já ouviu.

Infelizmente é verdade! Evil or Very Mad Evil or Very Mad
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  L340 em Ter Dez 04, 2012 6:14 pm

Dan Floripa escreveu:
L340 escreveu:Pois é, parece que existe um treinamento para os funcionários dizerem "é assim mesmo".
Eu já ouvi isso e tenho certeza que muita gente já ouviu.

Infelizmente é verdade! Evil or Very Mad Evil or Very Mad

Mas dizer que a moto não gosta de você, acho que só na Vila Maria Twisted Evil

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"
Leão e sua moto
<---- Blogs ---->
Minha Primeira Moto


Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 35
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Qua Dez 05, 2012 8:06 am

L340 escreveu:
Dan Floripa escreveu:
L340 escreveu:Pois é, parece que existe um treinamento para os funcionários dizerem "é assim mesmo".
Eu já ouvi isso e tenho certeza que muita gente já ouviu.

Infelizmente é verdade! Evil or Very Mad Evil or Very Mad

Mas dizer que a moto não gosta de você, acho que só na Vila Maria Twisted Evil


Razz Razz Razz Razz Razz Razz
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Sab Abr 13, 2013 6:04 pm

Dan Floripa escreveu:Bom depois de 4 anos sendo mal tratado e enrolado pela Dafra, resolvi mostrar para vocês como está minha moto, pois já contei aqui em algum lugar do Fórum o que passei com a Dafra e as promessas que me fizeram.
Vou resumir os fatos.
Comprei minha moto final de Março/início de Abril de 2008 na concessionária/revenda Dafra (que era a Show Motos da Superauto) após vender minha CB450, pois queria uma moto mais leve e econômica. Pois bem mais leve a Speed era (e é), mas mais econômica não era mesmo!. Minha CB fazia entre 22 e 24km/L enquanto minha Speed estava fazendo 21-22km/L, o que é um consumo muito alto para uma 150cc.
Logo começou a entrar água nos piscas e no farol, o que ocasionava oxidação dos refletores e dos contatos das lâmpadas (que resolvi botando fita isolante, que por sinal ainda continuam nos piscas), o escape e alguns parafusos começaram a oxidar e olha que a moto ficava na garagem e eu passava WD40 para cuidar/manter/preservar e percebi que havia diferença entre o tacógrafo e o velocímetro. Fui lá reclamar do consumo, infiltração, oxidação e do painel, me falaram que era normal e que resolveriam na revisão dos 1.000km. Pois bem Foi feita a revisão dos 1.000km e os problemas continuaram, só lavaram a moto e trocaram o óleo, como não tive como reclamar pois tinham esquecido de trazer minha moto para loja e o mecânico a troxe pilotando (sem documentos), percebi que ele desceu da moto meio assustado o que me deixou muito cabreiro. Mas como já era noite fui para casa e deixei de lado.
Na revisão dos 3.000km pedi pra verificarem e arrumarem os problemas da revisão dos 1.000km, mais a troca do escape que estava muito feio. Ao retirar a moto da revisão dos 3.000km andei um pouco e vi que a moto estava amarrada, parei e fui verificar. A moto estava freada, pois esticaram a corrente igual a corda de um violão e para completar não regularam o freio, e não resolveram o que eu tinha pedido. Chegando em casa fui verificar a moto inteira para ver se não tinha mais nada de errado. Bom percebi que o tanque tinha umas bolhinhas e sinais de oxidação por baixo da tinta em uns pontos do tanque, lembrei da revisão dos 1.000km na qual o mecânico chegou meio assustado, e continuei analisando a moto, mas não percebia nada além das oxidações pelo tanque, escape e em alguns parafusos e pontos do chassi.
A essa altura eu já tinha ido lá reclamar da oxidação do tanque, escape e outros pontos da moto, a resposta do rapaz da Dafra/Superauto foi que na revisão dos 6.000km seria trocado, mas eu tinha feito a revisão dos 3.000km faziam 3 dias e nada tinha sido feito (além de molharem a moto e estragarem a regulagem da corrente/freio traseiro). Chegando em casa liguei para o 0800-7732372 (número esse que vinha atrás do manual do proprietário), Falei que não faria a revisão dos 6.000km sem antes minha moto ser devidamente reparada, falaram que encaminhariam minhas reclamações para o setor responsável e entrariam em contato comigo.
Enquanto eu aguardava a resposta do setor responsável, continuei a verificar a moto em busca do problema que tinha assustado o mecânico que trouxe a minha moto na revisão dos 1.000km, eis que descubro, o chassi da minha moto estava torto, sim torto de fábrica!! affraid .
Fui em um conhecido meu que alinha chassi e mostrei minha Speed para ele, e ele disse que já tinha alinhado outras Speeds com o mesmo problema, e nada de um retorno da Dafra. Bom a Superauto fechou as portas e ficou um tempo sem autorizada Dafra por aqui até abrir a Andreaza Motos, que quando abriu, voltei a ligar para Dafra (antes disso já tinha os questionado a respeito da quantidade de óleo) e reenviaram minhas queixas para o setor responsável. Bom passou mais um tempo, até que surgiu o nome do Sr. Fábio, Sr. esse que resolvia os problemas das motos, no qual postaram aqui.
Vendo isso contatei o advogado que me orientou tentar resolver isso de forma amigável que seria melhor e mais rápido. Tendo o advogado pedido para resolver de forma amigável e o Sr. Fábio resolvendo os problemas do pessoal, fiquei esperançoso e mandei mais um e-mail para a Dafra, que retornou a ligação alguns dias depois (31/08/2011 e me forneceram o número de protocolo 558939490) falando que estavam sem autorizada (a Andreaza já tinha deixado a Dafra), mas que era para eu levar a Moto a uma oficina que estava prestando serviços para a Dafra para verificar se minha moto enquanto não abriam uma outra autorizada. Pois bem essa oficina é de um amigo meu é a Moto Águia, passou um tempo no qual não sei precisar até abrirem a Simotos multimarcas autorizada Dafra. Voltei a mandar um e-mail com o número de protocolo questionando quanto tempo mais levaria (isso que fui no Simotos e falei sobre o problema da minha moto/garantia levei tudo para eles, e minha reclamação acabou se perdendo lá dentro, o Jeff é testemunha, pois estávamos juntos nesse dia).Em Junho de 2012 ligaram da Dafra falando para eu levar a moto na Simotos para fazer uma vistoria e que as peças da minha moto seriam trocadas. Bom eu estava passando um tempo na casa da minha mãe em Imbituba (uns 100 km de distância de Floripa), vim correndo no dia seguinte da ligação, onde chegando na Simotos falei com a Valquíria (se não me falha a memória), ela tirou fotos do chassi, cilindro mestre de freio, escape, tanque, painel e das carenagens (enfim da moto inteira). Ela disse que as peças defeituosas da minha moto seriam trocadas e que as peças de reposição chegariam em uns 15-20 dias e que o chassi da minha moto seria trocado e levaria de 30 a 45 dias para um chassi novo ser remarcado e enviado.
Bom fiquei empolgado em ter os problemas da minha moto sanado, e como ela ficaria aparentemente nova, fiquei tentado em pegar a Next, já que aceitavam minha Speed de entrada; passou Julho, Agosto, Setembro aí minha paciência extrapolou liguei para o advogado acabei entrando com uma ação contra a Dafra, pois cansei de tentar as coisas amigavelmente, quem sabe judicialmente as coisas se resolvam.

Não tenho nada contra minha Cocota, pois é uma moto muito boa, o problema está na empresa!

Segue as fotos feitas hoje com o auxílio do Jeff, que aparece segurando a Cocota:























Um abraço!

Dan.



Mandei um e-mail para o SAC da Dafra com essa postagem aqui juntamente com o link das fotos na Quinta, ontém veio a resposta da Dafra:


Prezado Sr. Daniel,



Em resposta ao seu e-mail confirmamos que foi concedido a cortesia dos itens: chassi, painel de instrumento completo, tanque de combustível, carenagem lado direito, carenagem central, carenagem traseira e escapamento completo. Tentamos localizá-lo em agosto de 2012, ligamos para os números deixado para contato, entre um deles da sua antiga moradia, a onde proprietária do local informou que o Sr. havia se mudado e não soube nos dar informações onde poderíamos encontrá-lo. Caso queira dar continuidade nas trocas das peças, solicito que entre em contato com a concessionária Simotos – SC e procure a Valquíria que está ciente sobre o caso e saberá orientá-lo.





Atenciosamente,



Central de Relacionamento Dafra Motos.





www.daframotos.com.br


O engraçado é que os telefones que informei são os meus 2 números de celular que os tenho a anos e o fixo da casa da mãe, no qual conversamos todos os dias. O meu e-mail continua o mesmo e mesmo assim não me localizaram?.
Está bem, eles fingem que é verdade, e eu finjo que acredito!! Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz (só pode ser piada isso!).
Bom minha resposta foi para entrarem em contato com o advogado, no qual enviei o número do telefone.
Não me interessa se foi erro deles ou da Simotos, agora vou para a justiça, cansei de ser enrolado e maltratado, pela Dafra e sua rede de concessionárias.

Um abraço!

Dan.

Ps. Quanto a não me encontrarem, a mentira é tanta, que tanto o SAC, quanto a Simotos ligaram para a casa da minha mãe e falaram comigo lá (quando eu vim a Floripa fazer a vistoria na Simotos, onde bateram inúmeras fotos a Valquíria confirmou o número do telefone fixo e celurar).
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Dan Floripa em Seg Abr 15, 2013 10:17 am

Dá uma olhada aí pessoal, e se possível assina essa petição pública pedindo melhor atendimento no pós venda da Dafra:

http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N30915

Um abraço!

Dan.
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4113
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Ill be back em Ter Nov 03, 2015 7:20 pm

Dan Floripa escreveu:Bom depois de 4 anos sendo mal tratado e enrolado pela Dafra, resolvi mostrar para vocês como está minha moto, pois já contei aqui em algum lugar do Fórum o que passei com a Dafra e as promessas que me fizeram.
Vou resumir os fatos.
Comprei minha moto final de Março/início de Abril de 2008 na concessionária/revenda Dafra (que era a Show Motos da Superauto) após vender minha CB450, pois queria uma moto mais leve e econômica. Pois bem mais leve a Speed era (e é), mas mais econômica não era mesmo!. Minha CB fazia entre 22 e 24km/L enquanto minha Speed estava fazendo 21-22km/L, o que é um consumo muito alto para uma 150cc.
Logo começou a entrar água nos piscas e no farol, o que ocasionava oxidação dos refletores e dos contatos das lâmpadas (que resolvi botando fita isolante, que por sinal ainda continuam nos piscas), o escape e alguns parafusos começaram a oxidar e olha que a moto ficava na garagem e eu passava WD40 para cuidar/manter/preservar e percebi que havia diferença entre o tacógrafo e o velocímetro. Fui lá reclamar do consumo, infiltração, oxidação e do painel, me falaram que era normal e que resolveriam na revisão dos 1.000km. Pois bem Foi feita a revisão dos 1.000km e os problemas continuaram, só lavaram a moto e trocaram o óleo, como não tive como reclamar pois tinham esquecido de trazer minha moto para loja e o mecânico a troxe pilotando (sem documentos), percebi que ele desceu da moto meio assustado o que me deixou muito cabreiro. Mas como já era noite fui para casa e deixei de lado.
Na revisão dos 3.000km pedi pra verificarem e arrumarem os problemas da revisão dos 1.000km, mais a troca do escape que estava muito feio. Ao retirar a moto da revisão dos 3.000km andei um pouco e vi que a moto estava amarrada, parei e fui verificar. A moto estava freada, pois esticaram a corrente igual a corda de um violão e para completar não regularam o freio, e não resolveram o que eu tinha pedido. Chegando em casa fui verificar a moto inteira para ver se não tinha mais nada de errado. Bom percebi que o tanque tinha umas bolhinhas e sinais de oxidação por baixo da tinta em uns pontos do tanque, lembrei da revisão dos 1.000km na qual o mecânico chegou meio assustado, e continuei analisando a moto, mas não percebia nada além das oxidações pelo tanque, escape e em alguns parafusos e pontos do chassi.
A essa altura eu já tinha ido lá reclamar da oxidação do tanque, escape e outros pontos da moto, a resposta do rapaz da Dafra/Superauto foi que na revisão dos 6.000km seria trocado, mas eu tinha feito a revisão dos 3.000km faziam 3 dias e nada tinha sido feito (além de molharem a moto e estragarem a regulagem da corrente/freio traseiro). Chegando em casa liguei para o 0800-7732372 (número esse que vinha atrás do manual do proprietário), Falei que não faria a revisão dos 6.000km sem antes minha moto ser devidamente reparada, falaram que encaminhariam minhas reclamações para o setor responsável e entrariam em contato comigo.
 Enquanto eu aguardava a resposta do setor responsável, continuei a verificar a moto em busca do problema que tinha assustado o mecânico que trouxe a minha moto na revisão dos 1.000km, eis que descubro, o chassi da minha moto estava torto, sim torto de fábrica!! affraid .
Fui em um conhecido meu que alinha chassi e mostrei minha Speed para ele, e ele disse que já tinha alinhado outras Speeds com o mesmo problema, e nada de um retorno da Dafra. Bom a Superauto fechou as portas e ficou um tempo sem autorizada Dafra por aqui até abrir a Andreaza Motos, que quando abriu, voltei a ligar para Dafra (antes disso já tinha os questionado a respeito da quantidade de óleo) e reenviaram minhas queixas para o setor responsável. Bom passou mais um tempo, até que surgiu o nome do Sr. Fábio, Sr. esse que resolvia os problemas das motos, no qual postaram aqui.
Vendo isso contatei o advogado que me orientou tentar resolver isso de forma amigável que seria melhor e mais rápido. Tendo o advogado pedido para resolver de forma amigável e o Sr. Fábio resolvendo os problemas do pessoal, fiquei esperançoso e mandei mais um e-mail para a Dafra, que retornou a ligação alguns dias depois (31/08/2011 e me forneceram o número de protocolo 558939490) falando que estavam sem autorizada (a Andreaza já tinha deixado a Dafra), mas que era para eu levar a Moto a uma oficina que estava prestando serviços para a Dafra para verificar se minha moto enquanto não abriam uma outra autorizada. Pois bem essa oficina é de um amigo meu é a Moto Águia, passou um tempo no qual não sei precisar até abrirem a Simotos multimarcas autorizada Dafra. Voltei a mandar um e-mail com o número de protocolo questionando quanto tempo mais levaria (isso que fui no Simotos e falei sobre o problema da minha moto/garantia levei tudo para eles, e minha reclamação acabou se perdendo lá dentro, o Jeff é testemunha, pois estávamos juntos nesse dia).Em Junho de 2012 ligaram da Dafra falando para eu levar a moto na Simotos para fazer uma vistoria e que as peças da minha moto seriam trocadas. Bom eu estava passando um tempo na casa da minha mãe em Imbituba (uns 100 km de distância de Floripa), vim correndo no dia seguinte da ligação, onde chegando na Simotos falei com a Valquíria (se não me falha a memória), ela tirou fotos do chassi, cilindro mestre de freio, escape, tanque, painel e das carenagens (enfim da moto inteira). Ela disse que as peças defeituosas da minha moto seriam trocadas e que as peças de reposição chegariam em uns 15-20 dias e que o chassi da minha moto seria trocado e levaria de 30 a 45 dias para um chassi novo ser remarcado e enviado.
Bom fiquei empolgado em ter os problemas da minha moto sanado, e como ela ficaria aparentemente nova, fiquei tentado em pegar a Next, já que aceitavam minha Speed de entrada; passou Julho, Agosto, Setembro aí minha paciência extrapolou liguei para o advogado acabei entrando com uma ação contra a Dafra, pois cansei de tentar as coisas amigavelmente, quem sabe judicialmente as coisas se resolvam.

Não tenho nada contra minha Cocota, pois é uma moto muito boa, o problema está na empresa!

Segue as fotos feitas hoje com o auxílio do Jeff, que aparece segurando a Cocota:

http://imageshack.us/photo/my-images/35/img01259.jpg  http://img35.imageshack.us/img35/2007/img01259.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/685/img01258.jpg http://img685.imageshack.us/img685/4531/img01258.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/15/img01254.jpg http://img15.imageshack.us/img15/9061/img01254.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/600/img01256y.jpg http://img600.imageshack.us/img600/715/img01256y.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/811/img01260.jpg http://img811.imageshack.us/img811/4817/img01260.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/341/img01261z.jpg http://img341.imageshack.us/img341/1337/img01261z.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/43/img01265.jpg http://img43.imageshack.us/img43/3962/img01265.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/856/img01264.jpg http://img856.imageshack.us/img856/6205/img01264.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/853/img01263.jpg http://img853.imageshack.us/img853/960/img01263.jpg

http://imageshack.us/photo/my-images/100/img01262.jpg http://img100.imageshack.us/img100/397/img01262.jpg



Um abraço!

Dan.

Caro Amigo Dan. Como foi que terminou resolvendo a sua pendencia com a Dafra???

Poste novas fotos da sua moto, pois os links das fotos acima estão sem funcinar.

Espero que tenha resolvido da melhor maneira possivel.

_________________
....   .. ..  . .. .... ... ... ... ... ... ...   .. . . . .  .. . .. . .. . . .. ..
  . . ... ... . .... . ... . .... . .. .. . . . . . .. . . .. . . . . . .... . . ..
.... .. ..    ..  photo ce_motinha.gif ... .. ... ... . ... .. .. ... .. . .. . ..    . . .. .. .. . .
. ... . .. . .. . . ... . ... ..... . . .. ... . ... .. . .. . . .. . . .. . .. .   .
. .. . ... .. . .. .... .. .. .. .  .. .. . .. .. .  .. . .. .. . .. . .. .. . . ..

. ... ..  . ... .. .. .. .. .. .. .. ... ... .. . .. .. ... .. ... .. .
. .. ... .... . ...   .. . .. .. ... . . ... . .. ..   . . .. . .. .. ... . ... . . .
Very Happy
avatar
Ill be back
Forista
Forista

Número de Mensagens : 216
Idade : 56
Localização : Nordeste
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 28/11/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Novo Kanseiro

Mensagem  Alehalen em Qui Nov 26, 2015 2:16 pm

Boa Tarde Amigos.
Passei uma semana lendo esse forum que achei maravilhoso, vi relatos de vários problemas e decepções da galera, em meio a isso tudo estou tendo fé na Kansas 2008/2009 que peguei... 4200Km rodados, estou dando um trato nela para ficar linda, sei dos milhões de problemas que terei, porém por ser a primeira moto usarei-a como aprendizado, pelo fato de curtir apenas motos estilo estradeira custom me apaixonei na primeira vista.
Espero conseguir deixa-la do jeito que quero e me divertir muito, porém minha meta será a Horizon 250, essa vou querer ter sem sombra de dúvidas.
Abraço para todos e fiquem na Paz.

Alehalen
Novato
Novato

Número de Mensagens : 1
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 26/11/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CARTA ABERTA AOS PROPRIETÁRIOS/ACIONISTAS DA DAFRA

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 15 de 15 Anterior  1 ... 9 ... 13, 14, 15

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum