FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

test drive da riva

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Ter Maio 22, 2012 4:36 pm

Dan Floripa escreveu:
Bailarino escreveu:
jeff escreveu:

Sem a reserva, você passa a depender da boia e do painel digital, se um deles falhar, você vai ter de empurrar a moto sabe lá por quantos km...

exagero

todos carro sao assim

carro nao tem torneira nem porisso fiquei na mão um dia

piscou a luz de advertencia da reserva vai abastecer, simples, inodoro e indolor

ah nao ser q vc gosta de esvaziar o tanque ao maximo mas nao recomendo ja q pode puxar sujeira q fica no fundo
e arrisca entupir o sistema de alimentação da moto



Mas as boias das motos são menos confiáveis do que a dos carros por isso elas tem essa torneirinha, se fosse tão confiável as motos com marcador de combustível não teriam essa torneira.

Abraço!

Dan.
Outro motivo para ter a torneirinha é que os tanques das motos são removíveis para procedimentos de limpeza, manutenção, em alguns casos obtenção de acesso ao cabeçote e, em casos especialíssimos, a inspeção para ver se o quadro não está quebrando.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Ter Maio 22, 2012 4:47 pm

Dan Floripa escreveu:
jeff escreveu:Não se esqueçam que o corte de rotações da ignição acontece dentro da faixa vermelha do conta-giros.

A faixa vermelha não deve ser usada a não ser em casos extremos, tipo uma ultrapassagem que você calculou mal e agora não tem mais jeito.

É uma velocidade que pode ser atingida, mas não deve ser mantida.

Já cheguei a atingir 140 km/h no velocímetro (mais de 138,8 km/h!!!), que deve ter correspondido a uns 105 km/h reais, e o motor da Bél reclamou por um bom tempo até esfriar e reencontrar os ajustes.

Um abraço,

Jeff

Já resolvi esse problema de superaquecimento e tu sabe disso Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil estou agora nos ajustes finais, mas tem se mostrado muito bom.

O Dan está preparando uma novidade da hora, e sou o primeiro da fila para testar o invento...hehehehe

Um abraço, e sucesso,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  fredsilvaborges em Ter Maio 22, 2012 5:14 pm

Claro jeff.
Acho que nunca cheguei na faixa vermelha da Dandara. Chego no máximo perto e alívio a mão. Tenho muito pela minha criança, apesar de depois da garantia tentar trocar meu carburador pra ver se fica mais econômica. Mas minha pretinha está me saindo muito bem. Esses dias até peguei o anel rodoviário de bh e não me decepcionei, claro dentro do que eu esperava, 105 km/h no painel tranquiilo.

_________________
A maioria dos acidentes são provocados por pessoas. Sou mais deixar quem me ama me esperando alguns minutos do que o resto de uma vida

fredsilvaborges
Forista
Forista

Número de Mensagens : 103
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte
Moto : Riva 150cc
Data de inscrição : 11/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Velocidade , consumo, regulagem

Mensagem  Marcelão em Ter Maio 22, 2012 10:40 pm

Jeff, entendi o lance dos 105 KM/hr , mas perguntei pq eu acredito que seja + que isso pq já vi videos dessa riva chegando a 140km/h no digital do painel e como tb vi videos da dafra Apache tb nessa faixa e não entendo tb o pq as Titan' 150cc tem muito + torque e velocidade final do que das motos de mesma potencia de marcas diferentes, eu peguei a minha speed de um cunhado meu, speed preta final de 2009 realmente ela vem reduzida acho que com o pinhão de 14, e coroa de 36 dentes, agora aqui em Maceió se vc for compra o kit da speed eles já vendem com essa relação de pinhão de 16x36 coroa com isso ela trabalha bem melhor só que perde um pouco nas subidas principalmente garupada as veses tem de se reduzir até até a 2ª marcha para subir legal, outra coisa desde que ele comprou e eu andei nela sempre sempre notei que quando se esticava um pouco nas marchas quando subia uma ladeira por exemplo eu percebia uma batida como se fosse uma canecada de pistão ou biela eu sempre disse a ele disso mas quando se fazia revisão o mecanico da dafra sempre tomava o conhecimento só que não fazia o ajuste e até hj existe essa batidinha sempre em torno do 8000 9000 giros +ou - eu vi nos foruns anteriores a questão da medida certa de óleo no motor até hj ela só troca óleo 1LT na revisão feito na dafra mesmo, se a medida certa é até 1,4LT eles deveriam fazer o recall no caso das speed no motor, trocando gratuitamente os componentes do mesmo pois mesmo como o meu motor ainda bom sempre apresentou essa batidinha em alta rotação coisa pouca mas com certeza sofre um desgaste maior do que deveria agora ela tá com 46000Km sem fumaça e começando a bater tucho quando esquenta, outra coisa vi aqui no forum muitos dizendo que as suas speeds fazem 36, 38 até 42 com Lt , queria saber como regulo o meu carbura para fazer pelo menos uns 36 LT , já tentei algumas coisas como mexer na agulha mas com muito pouco sucesso já pensei até colocar um da titan 150 ou mesmo um da cg 125, gostaria de saber de vc ou de alguém ai do forum o consumo das suas máquinas e a maneira correta da regulagem do carburador das nossas speeds para deixa-la o minimo no consumo.

Obrigado !!!! Marcelão P.S Ainda não vi um forum sobre carburação como regular e deixar afinadinha a motoca ! bounce

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Qua Maio 23, 2012 10:42 am

Pois é, Marcelão...

Era isso mesmo que eles tinham que ter feito há muito tempo. O Tuco Benedito descobriu que a quantidade não batia com o nível recomendado há exatos 4 anos e postou aqui no fórum.

Muita gente perdeu o motor depois disso, e certamente é por isso que a dafra se finge de morta. Só que esquecem que isso coloca os usuários em risco, expondo-os a um travamento de motor em alta velocidade.

!,4 litro é o máximo após uma troca bem feita em que todo o óleo foi retirado, a moto funciona melhor com 1,25 a 1,3 litro, o que corresponde ao nível médio da vareta/visor medido com o procedimento correto.

Essa batida é causada pelo motor muito quente, o óleo afina e o motor se dilata e trabalha com folga excessiva. O nível correto elimina isso.

Outro dia passei por uma speed no cruzamento, pensei em parar e falar para o cara, mas ele ia se mandar antes que eu tivesse tempo, achando que eu era um assaltante ou um maluco. Logo em seguida estacionei a moto e ele passou por mim com esse barulho de ferro batendo dentro do motor, fiquei com pena da moto.

Sobre a regulagem da carburação, este fórum tem ótimas dicas e tutoriais. A maior parte se encontra nos tópicos relativos às speeds. Como a maior parte dos frequentadores atuais é de proprietários de kansas, eles ficam pouco evidentes. Mas faça uma busca no índice do fórum que você os encontra. Provavelmente na divisão Dicas.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Dan Floripa em Qua Maio 23, 2012 11:55 am

Marcelão escreveu: Jeff, entendi o lance dos 105 KM/hr , mas perguntei pq eu acredito que seja + que isso pq já vi videos dessa riva chegando a 140km/h no digital do painel e como tb vi videos da dafra Apache tb nessa faixa e não entendo tb o pq as Titan' 150cc tem muito + torque e velocidade final do que das motos de mesma potencia de marcas diferentes, eu peguei a minha speed de um cunhado meu, speed preta final de 2009 realmente ela vem reduzida acho que com o pinhão de 14, e coroa de 36 dentes, agora aqui em Maceió se vc for compra o kit da speed eles já vendem com essa relação de pinhão de 16x36 coroa com isso ela trabalha bem melhor só que perde um pouco nas subidas principalmente garupada as veses tem de se reduzir até até a 2ª marcha para subir legal, outra coisa desde que ele comprou e eu andei nela sempre sempre notei que quando se esticava um pouco nas marchas quando subia uma ladeira por exemplo eu percebia uma batida como se fosse uma canecada de pistão ou biela eu sempre disse a ele disso mas quando se fazia revisão o mecanico da dafra sempre tomava o conhecimento só que não fazia o ajuste e até hj existe essa batidinha sempre em torno do 8000 9000 giros +ou - eu vi nos foruns anteriores a questão da medida certa de óleo no motor até hj ela só troca óleo 1LT na revisão feito na dafra mesmo, se a medida certa é até 1,4LT eles deveriam fazer o recall no caso das speed no motor, trocando gratuitamente os componentes do mesmo pois mesmo como o meu motor ainda bom sempre apresentou essa batidinha em alta rotação coisa pouca mas com certeza sofre um desgaste maior do que deveria agora ela tá com 46000Km sem fumaça e começando a bater tucho quando esquenta, outra coisa vi aqui no forum muitos dizendo que as suas speeds fazem 36, 38 até 42 com Lt , queria saber como regulo o meu carbura para fazer pelo menos uns 36 LT , já tentei algumas coisas como mexer na agulha mas com muito pouco sucesso já pensei até colocar um da titan 150 ou mesmo um da cg 125, gostaria de saber de vc ou de alguém ai do forum o consumo das suas máquinas e a maneira correta da regulagem do carburador das nossas speeds para deixa-la o minimo no consumo.

Obrigado !!!! Marcelão P.S Ainda não vi um forum sobre carburação como regular e deixar afinadinha a motoca ! bounce



1° abra o carburador e veja qual a numeração do giclê varia entre 95-105;

2° ponha a trava da agulha na 3ª ranhura;

3° feche todo o parafuso do ar (mistura) não arroxe só encoste-o no final, depois abra 3 voltas e monte tudo, dê umas voltas com a moto, retire a vela e olhe a cor do eletrodo, se estiver preto feche 1/2 volta o parafuso do ar, se estiver esbranquiçado abra 1/2 volta o parafuso do ar, se estiver amarronzado a mistura está ok, aí basta maneirar o punho. Minha Speed faz entre 30-33.

Abraço!

Dan.

Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4109
Idade : 36
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Dan Floripa em Qua Maio 23, 2012 12:23 pm

Eletrodo com a cor de mistura correta:


Eletrodo com mistura rica:


E com mistura pobre o eletrodo fica esbranquiçado.

Abraço!

Dan.

Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4109
Idade : 36
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nivel de óleo

Mensagem  Marcelão em Qui Maio 24, 2012 11:26 pm

na minha opinião as 2 cagadas que fizeram na moto, é como vc andar as cegas confiando na luz da reserva no painel ou na boia, e se queimar a luz da reserva? agente confiando no nível esse nunca é totalmente certo, e a questão do corta corrente concordo com vc em número e grau! eu quero que a dafra faça um recall trocando pelo menos a parte de força das nossas speed pois ao meu ver se andamos com 1LT esse tempo todo é porque até no manual tá errado, faça um teste leve numa CC Dafra e peça para trocar o óleo, eles vão mandar vc pagar no caixa 1 litro de óleo. Seria legal que a maioria das pessoas que tiveram os motores prejudicados ou arrebentados mesmo,entrassem na justiça no tribunal de pequenas causas o problema é provar que a capacidade de óleo nos motores das speeds está errada pois não tenho o conhecimento de alguma especificação impressa assim dizendo que ao invéz de 1 Lt o certo seria 1,3 nas speed e 1,4 Kansas, a não ser que se faça um teste pelo Immetro da capacidade certa da óleo para aquele motor, seria possivel isso? Um abraço !

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Regulagem do carburador

Mensagem  Marcelão em Qui Maio 24, 2012 11:34 pm

Dan , Valeu pelas dicas sobre a regulagem do carburador, esse fim de semana vou fazer a limpeza e a regulagem na medida que vc me orientou abraço!

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Qui Maio 24, 2012 11:38 pm

Marcelão,

A comprovação está em fazer o procedimento descrito no próprio manual. Fazendo isso, você chega exatamente nos valores descritos na minha assinatura lá embaixo.

Outra evidência:

Compare o motor de uma cg das antigas com os motores de kansas e speeds:

Todos têm a mesma construção básica e praticamente o mesmo tamanho. A diferença é o balanceiro que vai instalado na frente dos motores de nossas dafras.

Ali dentro vai óleo, uns 300 ml de óleo (é só imaginar uma latinha de refrigerante deitada ali dentro).

Taí a diferença.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Samio em Sex Maio 25, 2012 7:25 am

Foi isto que percebi quando o motor da minha moto estava todo desmontado (e ainda está). Alí dentro daquele espaço do balanceiro vai uns 300 ml de óleo mesmo. É um espaço bem grande, mesmo com o balanceiro instalado.

Samio
Admin
Admin

Número de Mensagens : 824
Idade : 29
Localização : Paragominas - PA
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 03/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Sex Maio 25, 2012 11:52 am

Falando nisso, Samio...

Não soube de detalhes depois que você fez o motor. Como estavam as coisas? Você contou em algum lugar?

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

300ML de óleo e outra coisinhas a +

Mensagem  Marcelão em Sex Maio 25, 2012 1:57 pm

jeff escreveu:Marcelão,

A comprovação está em fazer o procedimento descrito no próprio manual. Fazendo isso, você chega exatamente nos valores descritos na minha assinatura lá embaixo.

Outra evidência:

Compare o motor de uma cg das antigas com os motores de kansas e speeds:

Todos têm a mesma construção básica e praticamente o mesmo tamanho. A diferença é o balanceiro que vai instalado na frente dos motores de nossas dafras.

Ali dentro vai óleo, uns 300 ml de óleo (é só imaginar uma latinha de refrigerante deitada ali dentro).

Taí a diferença.

Um abraço,

Jeff
Jeff Realmente quando sairam as speeds eu sempre imaginei que o tamanho daquele motor para o da CG e só pegava a mesma quantidade de 1 LT de óleo sempre desconfiei +++++ sabe como é quem sou eu para especular algo desse tipo com os técnicos de uma revendedora Dafra, até pq eles tb na certa sempre foram orientados a colocar 1 litro nas speeds e pronto, na speed aqui sinto que o câmbio fica duro de passar a marcha as veses até engancha marcha principalmente quando está quente, de resto até agora só apareceu problemas de pouca importancia de peças que se gastam mesmo no uso, ela já tem 2 anos e pouco, 43000 rodados , o prblema que vejo é a questão da qualidade das peças rabeta que descasca o verniz,quebram com facilidade, algumas peças que enferrujam principalmente no pé do amortecedor e nos parafusos em cima do tanque, falando em tanque o meu quando se coloca áqua por cima dele entra no tanque ,já umas 3 veses isso tive que perder toda a gasosa que eu tinha e ainda desmontar o carburador para retirar a áqua, acho que é aquela borracha da tampa do tanque que tá dura provavelmente ressecada e não tá vedando direito, agente compra uma moto + em conta e depois vai gastando o que economisou na compra.
Jeff outra coisa, eu noto que a embreagem é muito dura em relação as yamaha e hondas, pensei que fosse o cabo mas troquei melhorou um pouco mas assim mesmo ainda é dura pesada no transito chega a doer a mão, vc sabe se a sua é assim tb ou se tem algum macete para deixa-la mole igual as da honda, obrigado! Abraço. farao

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Sex Maio 25, 2012 2:22 pm

Marcelão,

Poucas vezes pilotei uma speed, não reparei se a embreagem era dura. Na minha kansas o nível é satisfatório, mas tenho mãos grandes, de repente essa percepção é relativa.

Macetes:

Aumentar o tamanho das alavancas que acionam a embreagem reduz o esforço necessário. Então um manete mais longo que o original, ou o que deve ser mais difícil, um braço de acionamento maior lá embaixo no motor, ou adaptar um prolongador nessa mesma peça, ajudariam a aliviar o esforço.

Mas...

Eu só partiria para essas soluções depois de passar a usar a quantidade correta de óleo por algum tempo para ver se o sistema melhora o desempenho.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Dan Floripa em Sex Maio 25, 2012 2:35 pm



A embreagem da minha Speed parece que não existe de tão leve. Para embreagem estar pesada tem alguns fatores: cabo oxidado, partindo, passando por lugar indevido/errado, etc...

Abraço!

Dan.

Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4109
Idade : 36
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

embreagem

Mensagem  Marcelão em Dom Maio 27, 2012 12:19 am

jeff escreveu:Marcelão,

Poucas vezes pilotei uma speed, não reparei se a embreagem era dura. Na minha kansas o nível é satisfatório, mas tenho mãos grandes, de repente essa percepção é relativa.

Macetes:

Aumentar o tamanho das alavancas que acionam a embreagem reduz o esforço necessário. Então um manete mais longo que o original, ou o que deve ser mais difícil, um braço de acionamento maior lá embaixo no motor, ou adaptar um prolongador nessa mesma peça, ajudariam a aliviar o esforço.

Mas...

Eu só partiria para essas soluções depois de passar a usar a quantidade correta de óleo por algum tempo para ver se o sistema melhora o desempenho.

Um abraço,

Jeff
Andei fuçando e descobri que colocando + 1 arruela eu não sei se nos discos ou no parafuso que é responsável pela passagem das marchas, realmente até na loja eu testei e não é só a minha a ainda não vi uma speed com embreajem mole igual das yamanha, honda , suzuki , tb soube que se peças da honda CG dá e fica bem mole , já que o motor da speed tem 99% de peças intercanbiáveis com honda é ai que deveriam pensar por esse motivo essas motos serem + valorizadas pelo intercambio de peças. vou trocar o cabo sei que melhora muito igual da outra vez mas acho que tem de mexer alguma coisa na caixa de marcha

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Dom Maio 27, 2012 12:50 am

Aí já não sei, a única coisa que precisei trocar no motor da minha até agora foi a bomba de óleo e os discos de embreagem por desgaste.

Essa adaptação da arruela eu li aqui no fórum, mas acho que só é aplicável às speeds, não lembro de alguém de kansas ter reclamado da embreagem ou ter instalado essa arruela.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Marcelão em Dom Maio 27, 2012 10:17 pm

jeff escreveu:Aí já não sei, a única coisa que precisei trocar no motor da minha até agora foi a bomba de óleo e os discos de embreagem por desgaste.

Essa adaptação da arruela eu li aqui no fórum, mas acho que só é aplicável às speeds, não lembro de alguém de kansas ter reclamado da embreagem ou ter instalado essa arruela.

Um abraço,

Jeff
São nas speed mesmo acho que 90% delas tem esse defeito na embreagem pode comprovar umas duras mesmo outras menos um pouco como a do DAN "Acho que ele foi sorteado"mas é sempre assim ouvi em algum canto falar que colocando essa arruela a+ ela melhora muito, outra coisa a sua é uma Kansas ela tem esse problema? 2ª Perg Sem sacanagem: eu não conheço muito de Kansas só andei 1 vez,então vc não tem medo de andar de kansas e o quadro quebrar? pois como sei essas motos tem esse defeito de forma " Fabricação do quadro" aguardo sua resposta , e Jeff quando vc ver uma speed dê uma olhada na embreagem aperte e depois tire suas conclusões, Abraço!

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Dom Maio 27, 2012 10:39 pm

Marcelão,

Encontrei o Dan ontem, e realmente a embreagem da speed dele é igual à da minha kansas, mesmo nível de esforço. E não conheço nenhuma kansas que tenha precisado dessa arruela.

Quanto ao quadro quebrar, inspeciono ele periodicamente. Esse tipo de quebra não é instantâneo, o quadro começa a rachar e a fissura vai aumentando até chegar no ponto que a moto se parte em duas.

Então o importante é ficar atento a eventuais mudanças de comportamento da moto. Essa semana mesmo percebi uma instabilidade em linha reta e voltei para casa em baixa velocidade até poder tirar o tanque e conferir. Mas deve ter sido algum problema no asfalto ou vento lateral.

É chato ter esse tipo de preocupação, mas sempre encarei motos mais ou menos como aviões. São máquinas e estão sujeitas a quebras, então o negócio é fazer inspeção rotineira de moto a detectar problemas antes que eles se tornem graves a ponto de te derrubar.

Quando estiver com bastante tempo livre e muita, muita disposição, vou fazer um reforço no quadro eu mesmo.

Cansei de esperar o recall da dafra, estou começando a achar que eles não vão fazer.

Ainda mais depois de saber da experiência do Cássio de Goiânia.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

A kansas

Mensagem  Marcelão em Ter Maio 29, 2012 3:05 pm

jeff escreveu:Marcelão,

Encontrei o Dan ontem, e realmente a embreagem da speed dele é igual à da minha kansas, mesmo nível de esforço. E não conheço nenhuma kansas que tenha precisado dessa arruela.

Quanto ao quadro quebrar, inspeciono ele periodicamente. Esse tipo de quebra não é instantâneo, o quadro começa a rachar e a fissura vai aumentando até chegar no ponto que a moto se parte em duas.

Então o importante é ficar atento a eventuais mudanças de comportamento da moto. Essa semana mesmo percebi uma instabilidade em linha reta e voltei para casa em baixa velocidade até poder tirar o tanque e conferir. Mas deve ter sido algum problema no asfalto ou vento lateral.

É chato ter esse tipo de preocupação, mas sempre encarei motos mais ou menos como aviões. São máquinas e estão sujeitas a quebras, então o negócio é fazer inspeção rotineira de moto a detectar problemas antes que eles se tornem graves a ponto de te derrubar.

Quando estiver com bastante tempo livre e muita, muita disposição, vou fazer um reforço no quadro eu mesmo.

Cansei de esperar o recall da dafra, estou começando a achar que eles não vão fazer.

Ainda mais depois de saber da experiência do Cássio de Goiânia.

Um abraço,

Jeff
Rapaz tenho vontade de ter um Kansas Jeff até pq tenho tara em viajar apesar de que não tenho no momento muito tempo disponível para tal, vi algumas kansas daqui os caras fizeram um reforço onde racha eu vi algumas fotos dos quadros aqui mesmo nesse forun, a dafra deveria ter vergonha de estragar um modelo tão bonito quanto esse, pq vc olhando a Kansas é uma moto linda e com aquele suporte do encosto garupa ai fica melhor e com aqueles samburás de couro pendurado ai que fica show,apesar eu não gostar muito, mas dá uma imagem de estradeira e com aquelas rodas das + novas?, e a Dafra deixa montar um quadro podre desse, no modelo+ novo existe esse problema, sabe dizer se foi solucionado? aqui o pessoal tá soldando em volta de onde quebra um pedaço de Vergalhão daqueles grosso + grosso possivel GD50 acho, não fica bonito mas com certeza seguro fica, já vi alguns que já fizeram, ai fica seguro, mas um dia ainda compro uma não sei se dafra ,mas tô pensando naquele modelo da Kasinsk que imita a Kansas ela tb é 150cc e muito bonita e quem sabe sem esses problemas. ha ia esquecendo o consumo da Kansas é igual o da speed? quanto ela tá fazendo com 1 Litro?

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Ter Maio 29, 2012 3:36 pm

Marcelão,

As motos 2010 para cá não têm problema de quadro, a fábrica já reforçou.

As mirages 150 são irmãs da kansas, a fábrica chinesa é a mesma. Pequenas diferenças, mas no geral é praticamente a mesma moto.

Speed e kansas têm quase o mesmo consumo.

Gostei do samburá de couro, fica melhor do que alforje.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Samburá

Mensagem  Marcelão em Ter Maio 29, 2012 11:29 pm

jeff escreveu:Marcelão,

As motos 2010 para cá não têm problema de quadro, a fábrica já reforçou.

As mirages 150 são irmãs da kansas, a fábrica chinesa é a mesma. Pequenas diferenças, mas no geral é praticamente a mesma moto.

Speed e kansas têm quase o mesmo consumo.

Gostei do samburá de couro, fica melhor do que alforje.

Um abraço,

Jeff
Que bom saber disso eu peguei a speed de meu cunhado pela oportunidade fui a dafra como tb a yamaha mas não consegui financiar pois já estava com um financiamento pela caixa econômica e pelo meu salário declarado exedia o limite, o meu cunnhado tá afim de pegar uma next 250cc vi videos dela gostei mesmo, como ele ainda falta pagar umas 20 prest me ofereceu para eu assumir as prestações e ficar com ela para ele se livrar de 2 financiamentos depois que eu terminar de pagar passo para o meu nome ou nome de alguém se eu conseguir vender ainda, mas se fosse para eu escolher ia de Mirage ou Kansas vou terminar de pagar logo depois vejo isso, Samburá aqui no nordeste é aquele recipiente redondo feito de palha com cipó que o pescador leva para colocar os peixes que pesca e (ou) as tralhas, tb é usado 2 um de lado do outro assim formando uma canga que é colocada no lombo do Jegue ou "Jumento" para vcs no sul

Marcelão
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 51
Idade : 44
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Qua Maio 30, 2012 12:14 am

Você pode estar criando uma nova tendência em motos custom...hehehe

Um abraço,

jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

PLANO

Mensagem  pauloc.ms em Qui Jun 07, 2012 11:13 pm

EM PLANEJAMENTO
Estou planejando talvez para Novembro para ir salão de motocicleta em São Paulo vai acontecer dia 06 a 11 novembro desse ano. se conseguir ir sera minha primeira viajem longa é teste de duração é confiabilidade q raios seria teste de confiabilidade se moto ira dura muito tempo se for ótimo passeio sera sinal que vai dura muito tempo kkk. mas pensando em tudo antes para dar certo tem que ser programa bem barato são exatamente 470Km DE estrada a frente iniciando TREVO DAS MARGARIDA RJ ponto inicial da Jornada, até Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 São Paulo / SP passando por aproximadamente 5 pedágio pista duplicada sem se preocupar com ultrapassagem tapetão bem pago agora exagerado tanto pedágios calculo de 37,40 centavos que sera gasto com pedágio ida é volta, media foi caculada pode ser que tenha pequena diferença acima disso ou a menos mesmo . 6 horas de viajem vai ter árvores mato vaca boi, quase tudo que você pensa vai ter até mesmo hipinose das faixas . como no brasil todas rodovias são limitadas a velocidade Rio Sampa alguns trecho são 100 as vezes 110 km/h na Rodovia Rod. Gov. Carvalho Pinto poderá chega até aos 120km/h ou seja máximo que velocimétro consegue chegar tem rada então que adianta ter moto potente se você corre de mais estará infringindo as leis de transito sei que quase niguém segue a lei mas nunca se sabe quando dar uma zembra :/ fica dica.SE Autonomia da riva pode ser 416km rodando 32km/l é realmente numero auto porem como disse é pista de teste por que existira subidas descidas curvas é retão onde irei colocar rotação alta dos 110km/h ou até mesmo quem sabe os tão sonhado 120 km/h na Rod.Gov.carvalho Pinto. outra coisa aproximadamente 36,40 gasolina custando 2,80 calculo de gasto se aproxima das casa dos 146,60 claro sem hotel+ ingresso do salão de motocicleta é barato para quem tem pouca condições de gasta muito, aventura total porem com segurança é responsabilidade. comenta ai o que você acha de aventura como essa vale a pena fazer você teria coragem ?
Gostou?

pauloc.ms
Novato Avançado
Novato Avançado

Número de Mensagens : 88
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Riva 150cc
Data de inscrição : 18/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  jeff em Sex Jun 08, 2012 12:04 am

Paulo,

É uma aventura e tanto, daquelas que nunca mais se esquece na vida.

Uma dica:

Pegando a Carvalho Pinto, logo no começo tem um posto bom para uma parada e reabastecimento com restaurante e lanchonete, o Frango Assado.

Fique atento, porque ele fica localizado entre as duas pistas da Carvalho, então a entrada dele é pela faixa da esquerda da rodovia. Se deixar passar, depois dele só em Itaquaquecetuba já chegando em São Paulo, são 100 km sem postos e se você não tiver abastecido antes, tem o risco de ficar sem gasolina no caminho.

Como os postos de abastecimento na Dutra antes de chegar na Carvalho ficam nas marginais, e é complicado sair da pista principal, existe essa armadilha a ser evitada.

Qualquer dúvida, é só perguntar.

Um abraço, e boa jornada,

Jeff

PS: Confira antes se é esse salão mesmo que você quer visitar.... existem duas exibições de motos em SP, se alternando a cada ano. No espaço Imigrantes ocorre o Salão da Motocicleta nos anos pares, enquanto no Anhembi ou Center Norte ocorre o Salão Duas Rodas nos anos ímpares. O bom mesmo é esse último, que tem a participação dos fabricantes.

O salão da Imigrantes é menor e mais voltado a motopeças e acessórios, pouca presença de fabricantes de motos. Dá uma conferida no pessoal que participou do último no site:

http://www.salaodamotocicleta.com.br/web/lista-expositores.aspx

O próximo salão 2 Rodas só em 2013.

Um abraço,

jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: test drive da riva

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:05 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum