FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

Enchendo o tanque

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Enchendo o tanque

Mensagem  fredsilvaborges em Qua Mar 07, 2012 2:33 pm

Venho reparando no meu consumo de combustível, isso é de se perceber já que fiz um post, com esse dois, sobre combustível (se algum moderador achar ruim esses dois posts, me desculpem e podem excluir). Mas quero comentar um fato. Quando comprei a Dandara gostava sempre de encher o tanque até a borda (11,4 l, fora a reserva) porém reclamei que meu consumo estava alto. Reparei outro detalhe, o marcador de combustível divide-se em 5 barras que ao passar do tempo se apagam, quando a ultima barra começa a piscar a gasolina foi para a reserva. Não sei, não estou me embasando em nada, a não ser em minhas próprias observações. Quando enchia o tanque até o talo, a primeira barrinha apagava com 48km rodados, pensei que não tinha nada a ver. Mas fiquei imaginando se o sensor de gasolina (ou algo do genero dentro do tanque, perdoem minha ignorância) fazia uma média para diminuir cada barra do painel. Com uma conta bem simples vi que se o sensor fizesse essa média cada barra deveria apagar a cada 2,28l, mas quando enchia o tanque sempre a primeira apagava mais rápido e minhas médias estavam sempre baixas. Um dia por acaso enchi o tanque comum pouco mais de 9 litros acima da reserva e vi que completaram as 4 barras e a minha média final aumentou. Como disse isso foi apenas minhas observaçoes e contas. não sei se tem algo a ver. Se algum dos mestres do universo motociclistico puderem me auxiliar, confirmando ou não minha teoria ficarei muito agradecido.

fredsilvaborges
Forista
Forista

Número de Mensagens : 103
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte
Moto : Riva 150cc
Data de inscrição : 11/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  jeff em Qua Mar 07, 2012 5:53 pm

Péraí que eu vou chamar alguém lá do andar de cima...

....

....

.....

Bom, acho que já foi todo mundo embora, então vou tentar responder eu mesmo.... Wink

O mecanismo do indicador do nível das motos de baixa cilindrada é algo bem mais simples, não é um computador de bordo como nos carros ou grandes cilindradas.

É simplesmente uma boia acoplada a uma haste que movimenta um potenciômetro (resistência variável), que nem a boia da caixa d´água de uma casa.

Então o resultado nunca é preciso como o esperado de um computador que é programado com fatores de correção e avalia os dados momento a momento para calcular o consumo. Você não pode contar com esse nível de precisão.

Mesmo essa taxa de descida não é constante. Se o tanque fosse igual a uma caixa d'água, o braço ia demorar para começar a descer, ia descer mais rápido no trecho intermediário e voltaria a cair rápido no trecho final por causa do movimento linear do nível da gasolina e do movimento radial do braço da boia.

O formato do tanque da moto é complexo por causa da passagem do tubo do quadro, então esse movimento é mais distanciado da realidade ainda.

Considere a indicação apenas uma referência visual para avaliação da quantidade de gasolina no tanque.

Outra coisa:

Nunca encha o tanque até a boca desse jeito. É necessário deixar um espaço de ar para a gasolina se dilatar dentro do tanque nos dias quentes, ou devido ao calor do motor quando ela estacionar, a fim de que não transborde. Prefira abastecer sempre antes de realizar um trajeto razoável, senão você vai estacionar a moto e já vai vazar gasolina pela inclinação da moto no cavalete.

Mais uma coisa: somente cavalete central com o tanque cheio.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  wandao.a em Qua Mar 07, 2012 6:08 pm

jeff escreveu:
Outra coisa:

Nunca encha o tanque até a boca desse jeito. É necessário deixar um espaço de ar para a gasolina se dilatar dentro do tanque nos dias quentes, ou devido ao calor do motor quando ela estacionar, a fim de que não transborde. Prefira abastecer sempre antes de realizar um trajeto razoável, senão você vai estacionar a moto e já vai vazar gasolina pela inclinação da moto no cavalete.

Mais uma coisa: somente cavalete central com o tanque cheio.

Um abraço,

Jeff

Resumo geral se a moto estiver no cavalete lateral a marcação vai ser diferente do que se ela estiver no cavalete central; e se você parar numa subida também; por isso que eu prefiro a "velha torneirinha", começou engasgar é só virar a torneirinha e pelo seu conhecimento da moto você sabe quantos kms dá para andar.
tongue

_________________
Cool
Kansas 250 prata,
Twister 250 cinza,
Minha moto tem quatro tempos, chuva, sol, sereno e muito vento
Ensine pelo exemplo. Não diga o que deve ser feito. Faça. Mostre. DEPOIS fale. Instrua. A palavra convence. O exemplo arrasta.
Visite: http://wilddogs40.wix.com/wd40
https://www.dropbox.com/s/mxwyv2jz4yqs9dd/pe%C3%A7as%20genericas%20250.xls?dl=0

wandao.a
Admin
Admin

Número de Mensagens : 1071
Idade : 27
Localização : Santa Bárbara d'Oeste - SP
Moto : Kansas 250cc
Data de inscrição : 11/08/2008

http://wilddogs40.wix.com/wd40

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  jeff em Qua Mar 07, 2012 7:02 pm

Bom, na segunda parte da mensagem não pensei na indicação, pensei mesmo foi no transbordamento do tanque... penso que você só vai consultar o nível com a moto em movimento ou com ela equilibrada pelos dois pés do piloto, parado no semáforo e pensando se entra no próximo postou ou vai até o preferido...

nem imaginei essa situação de consultar o nível com a moto no cavalete.

mas também sou a favor da velha e confiável torneirinha. acionar a reserva é um dos xalmes de ser motociclista... Razz

um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  lord_nyo em Qui Mar 08, 2012 10:20 am

jeff escreveu:
mas também sou a favor da velha e confiável torneirinha. acionar a reserva é um dos xalmes de ser motociclista... Razz



Jeff
Também sou fã dessa torneirinha kkk( se bem que a original ja me deixou na mão kkkk)


apoiado XD

abrass

_________________
Kansas

150 CC Preta
Black Bird

Have Fun !
É devagar que se chega longe !

lord_nyo
Membro Senior
Membro Senior

Número de Mensagens : 575
Idade : 31
Localização : Betim Minas Gerais
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 15/08/2010

http://www.flogao.com.br/kikonyo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  jeff em Qui Mar 08, 2012 10:34 am

Bom,

Tem que levar em conta que a torneirinha da kansas também tem seus xalmes...

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  fredsilvaborges em Qui Mar 08, 2012 2:56 pm

Mas a Riva não tem torneirinha de acionar a reserva, ja cai deireto. so tem pra abrir e fechar. E agora josé?

fredsilvaborges
Forista
Forista

Número de Mensagens : 103
Idade : 28
Localização : Belo Horizonte
Moto : Riva 150cc
Data de inscrição : 11/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  jeff em Qui Mar 08, 2012 3:08 pm

Do que eu vi do funcionamento dela no test drive, com um único segmento do marcador aceso, ela tambpem acende uma luz de alerta. Se apagar o último marcador, a luz de alerta começa a piscar.

A melhor coisa é sempre manter o tanque cheio, mas sem exagerar. Programar o abastecimento a cada 250 km no máximo. Isso é bom para evitar problemas com o envelhecimento da gasolina.

Outra alternativa, se isso vier a causar transtornos por inconfiabilidade, é trocar a torneirinha por uma
tradicional.

Antes de me preocupar, primeiro eu testaria durante algum tempo. Não vejo isso como um grande problema.

Um abraço,

Jeff


_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.

jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 55
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  Familia em Qui Mar 08, 2012 4:00 pm

jeff escreveu:Do que eu vi do funcionamento dela no test drive, com um único segm...

Concordo, tambem deve ser levado em consideração o seguinte, apos um tempo a pessoa aconstuma com o proprio consumo, mais caso a pessoa não queira ficar nessa de ficar contanto, coloca uma torneirinha com reserva, para isso e so procurar uma com a mesma rosca.

Familia
Membro Senior
Membro Senior

Número de Mensagens : 659
Idade : 40
Localização : Maceió
Moto : Super 50cc
Data de inscrição : 15/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  renegado em Qui Mar 08, 2012 6:39 pm

olha senhores eu nunca usei a torneirinha da minha Kansas. ja ta programado desde quando comprei a moto, odômetro parcial em 230, posto! nunca deu errado e nunca senti falta de marcador de combustível.(deve ser pq nunca tive)!

abraços!!!!

_________________
Curtam um rock com estilo! na web rádio MOTOR ROCK. www.radiomotorrock.com


MOTO ATUAL: KASINSKI MIRAGE 250.

renegado
Membro Senior
Membro Senior

Número de Mensagens : 560
Idade : 30
Localização : Serra ES
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 26/03/2010

http://www.webradiomotorrock.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  wandao.a em Qui Mar 08, 2012 7:04 pm

renegado escreveu:olha senhores eu nunca usei a torneirinha da minha Kansas. ja ta programado desde quando comprei a moto, odômetro parcial em 230, posto! nunca deu errado e nunca senti falta de marcador de combustível.(deve ser pq nunca tive)!

abraços!!!!

Pensei que era só eu que nunca tive moto com marcador. Smile

_________________
Cool
Kansas 250 prata,
Twister 250 cinza,
Minha moto tem quatro tempos, chuva, sol, sereno e muito vento
Ensine pelo exemplo. Não diga o que deve ser feito. Faça. Mostre. DEPOIS fale. Instrua. A palavra convence. O exemplo arrasta.
Visite: http://wilddogs40.wix.com/wd40
https://www.dropbox.com/s/mxwyv2jz4yqs9dd/pe%C3%A7as%20genericas%20250.xls?dl=0

wandao.a
Admin
Admin

Número de Mensagens : 1071
Idade : 27
Localização : Santa Bárbara d'Oeste - SP
Moto : Kansas 250cc
Data de inscrição : 11/08/2008

http://wilddogs40.wix.com/wd40

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  will_santana em Qui Mar 08, 2012 8:02 pm

pra gasolina ficar velha só se o cara ficar MUITO tempo parado. eu prefiro manter o tanque sempre cheio para evitar oxidação da parte interna que ficar com ele vazio e enchendo sempre. e olha que acontece da moto ficar parada 2 semanas as vezes

[]s

_________________
***** Tigra Clube Brasil *****


will_santana
Guru
Guru

Número de Mensagens : 2060
Idade : 37
Localização : Rio de Janeiro
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 01/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  Edu Clown em Sex Mar 09, 2012 5:02 pm

Quando vi que na kansas não tinha marcador de gasolina, logo pensei, pqp e agora? Mad
Mas é claro que foi pelo fato dela ser minha primeira moto e as do serviço sempre terem o marcador. Mas no 1° mês eu me acostumei a controlar o consumo, sempre que abasteço eu zero o hodometro e tá de boa Smile

Abraço.

_________________
Como eu posso mudar o amanhã, se não posso mudar o presente?

Edu Clown
Guru
Guru

Número de Mensagens : 1007
Idade : 27
Localização : Paragominas - PA
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 19/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enchendo o tanque

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:03 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum