FÓRUM MOTOS DAFRA
Seja bem-vindo ao maior fórum aberto sobre as motos Dafra. Junte-se conosco e venha participar, tirar dúvidas e resolver problemas.
Clique em Registrar-se.
Obrigado!
Equipe do Fórum Motos Dafra

A kasinski subiu no telhado...

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Sab Ago 10, 2013 1:19 am

Fui procurar, acho que saiu de linha....

De custom só encontrei a bela Marauder 125... viesse para o Brasil, matava a pau, a suzuki ia vender mais que a trudinha e ainda ganhar o mercado de kansas e miraginha.





Comando avançado original de fábrica, colocava nela o farol da kansas e corria para o abraço...

Depois dela já pula para a S40 (sucessora da Savage, que apesar do nome, não é uma 400, mas uma 650) e as Boulevard.

Esses picaretas tiram as 250 de linha para forçar a venda das grandes.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Sab Ago 10, 2013 5:43 am

jeff escreveu:Fui procurar, acho que saiu de linha....

De custom só encontrei a bela Marauder 125... viesse para o Brasil, matava a pau, a suzuki ia vender mais que a trudinha e ainda ganhar o mercado de kansas e miraginha.





Comando avançado original de fábrica, colocava nela o farol da kansas e corria para o abraço...

Depois dela já pula para a S40 (sucessora da Savage, que apesar do nome, não é uma 400, mas uma 650) e as Boulevard.

Esses picaretas tiram as 250 de linha para forçar a venda das grandes.

Um abraço,

Jeff
Tem essa aqui:
http://suzuki.com.mx/motos/gz150/
No méxico vende e é um modelo relativamente novo.

Se o Lerdão trouxesse com preço bom ficaria difícil pra Kansas e Miraginha.

No México, ela custa o equivalente em "reaus" a quase 6 mil.

Pra pagar 5700 numa Kansas e 6 mil nessa aí, nem pensava, trezentão de diferença por IE, OHC e se seguir a qualidade das peças da Intruder já é lucro.

Mas conhecendo como funciona, se um dia trouxer, deverá custar na faixa da GSR150I ou mais.

É uma pena, pois a Haojue tem modelos semelhantes a atual Intruder 125 (GN125), mas não uma versão dessa moto.

Seria uma boa para Dafra por exemplo lançar uma sucessora para a Kansas, com outro nome, sei lá, Alabama Razz

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Bailarino em Sab Ago 10, 2013 6:54 am

L340 escreveu:
Bailarino escreveu:
L340 escreveu:
A intruder quando passei dos 125 (125,5) de painel também não chegou na faixa vermelha.

qual intruder? a 250cc?

Minha trud125 nao passa de 110km/h nem com reza braba , nem na descida
Na 125 mesmo, não é sempre que conseguia, mas tinha um trecho da Dutra que se deixasse ela levantava vôo.
A sua que é de qual ano?

2008/09

_________________
Exclamation  Exclamation  Exclamation   FIFA! Vai tomar no Fuleco!   Exclamation Exclamation  Exclamation

Copa 2014 custará mais caro que as 3 últimas juntas
avatar
Bailarino
Forista
Forista

Número de Mensagens : 183
Idade : 39
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 03/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Sab Ago 10, 2013 7:53 am

Bailarino escreveu:
L340 escreveu:
Bailarino escreveu:
L340 escreveu:
A intruder quando passei dos 125 (125,5) de painel também não chegou na faixa vermelha.

qual intruder? a 250cc?

Minha trud125 nao passa de 110km/h nem com reza braba , nem na descida
Na 125 mesmo, não é sempre que conseguia, mas tinha um trecho da Dutra que se deixasse ela levantava vôo.
A sua que é de qual ano?
2008/09
Pode ser que a região onde eu consegui essas velocidades tenha uma combinação de descida e vento diferentes das que você tem.
Talvez algum ajuste, sei lá.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Sab Ago 10, 2013 6:00 pm

Essa GZ150 só existe no México e é a Marauder 125 com sissy bar, banco espumado e guidão alto, mais uma capa de plástico no cabeçote da coluna de direção, onde colocaram o interruptor de ignição. Também colocaram reloginhos adicionais, deve ser conta-giros e nível do tanque, e um enfeite no para-lama dianteiro.

É como se fosse uma versão personalizada de fábrica, tem praticamente os mesmos acessórios da Jezebel (até os piscas de intruder... hehehe) mais o enfeite de para-lama da moto do Edi.

E aí vem a dúvida:

Por que será que no Japão a Marauder é 125 e no México ela é 150?

Por que será que na China a Alabama Kansas é 125 e no Brazil ela é 150?

Será que esses 25cm3 adicionais são comprováveis?

Um abraço,

Jeff
PS: Sobre a diferença de desempenho das Intruder, o catalisador é o fator que todo mundo esquece. Consome 1 cv de potência do motor.

Tem também a rotundidade do piloto...

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Sab Ago 10, 2013 7:54 pm

jeff escreveu:Essa GZ150 só existe no México e é a Marauder 125 com sissy bar, banco espumado e guidão alto, mais uma capa de plástico no cabeçote da coluna de direção, onde colocaram o interruptor de ignição. Também colocaram reloginhos adicionais, deve ser conta-giros e nível do tanque, e um enfeite no para-lama dianteiro.

É como se fosse uma versão personalizada de fábrica, tem praticamente os mesmos acessórios da Jezebel (até os piscas de intruder... hehehe) mais o enfeite de para-lama da moto do Edi.

E aí vem a dúvida:

Por que será que no Japão a Marauder é 125 e no México ela é 150?

Por que será que na China a Alabama Kansas é 125 e no Brazil ela é 150?

Será que esses 25cm3 adicionais são comprováveis?

Um abraço,

Jeff


Tem mais algumas diferenças estéticas e pra ser sincero eu considero a Marauder mais bonita.
O primeiro lugar que encontrei essa moto foi o site da própria HaoJue
http://en.haojue.com/products/product_102_156_169_209.htm
E tem mais, eu encontrei a Marauder sendo vendida na Espanha e em portugal, no site da espanha tem a especificação:
http://moto.suzuki.es/motos/gama-125cc/2011/marauder-125/ficha-tecnica/?ib_comercializa=1
Daí comparei né (usei algumas informações da HJ e outras da Suzuki):

Marauder 125
GZ150
 Comprimento
2.160 mm
2250mm
 Largura total
815 mm
900mm
 Altura total
1.090 mm
1160mm
 Distância entre
 eixos
1.450 mm
1460mm
 Altura do solo
140 mm
150mm
 Altura do
 acento
680 mm
710mm
 Tanque de
 gasolina
13 l
11,5l
 Peso Seco -
137kg
 Peso em ordem
 de marcha
-
150 kg
 Tipo de motor
SOHC 4 tempos
SOHC 4 tempos
 Quant.
 Cilindros 
monocilíndrico
monocilíndrico
 Refrigeração
refrigerado a ar
refrigerado a ar
 Válvulas
4 válvulas
-
 Diâmetro x Curso
57,0 x 48,8
57,0 x 58.6
 Cilindrada
125 cc
149
 Potência
11.7 CV
11,69cv
 Ignição
Eletrônico CDI
ECU
 Relação de
 compressão
9,2:1
9,2:1
 Cambio
5 velocidades
5 velocidades
 Sistema de
 transmissão
Corrente
Corrente passo 428
 Embreagem
-
Múltiplos discos banhados a óleo
 Alimentação
Injeção
DCP-FI
 Sistema de
 partida
Elétrico
Elétrico
 Suspensão
 dianteira
Telescópica hidráulica
Telescópica hidráulica com mola
 Suspensão 
 traseira
Braço oscilante com amortecedor hidráulico, pré carga ajustável em 5 posições
Braço oscilante com amortecedor hidráulico, pré carga ajustável em 5 posições
 Freio dianteiro
Disco Simples
Disco Simples
 Freio traseiro
Tambor
Tambor
 Pneu Dianteiro
110/90-16 M/C 59P
90/90 R18
 Pneu Traseiro
130/90-15 M/C 66P
120/80 R16
 Rodas -
Liga de alumínio
Basicamente muda o pistão, rodas, tanque, cacareco daqui e dalí.

jeff escreveu:
PS: Sobre a diferença de desempenho das Intruder, o catalisador é o fator que todo mundo esquece. Consome 1 cv de potência do motor.

Tem também a rotundidade do piloto...
Só se for pra o peso ajudar a descer a ladeira Razz
A 2009 já tem catalisador?

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Sab Ago 10, 2013 9:42 pm

Não sei, precisamos perguntar para um dono de intruder.

Quem diria, não são a mesma moto. E você encontrou os 25cm3.

Isso explica porque a gz não aparece no site da suzuki, ela é uma haojue, então é tipo uma segunda linha da suzuki, uma bastardinha só assumida no terceiro mundo (a Africa começa nos Pirineus, segundo os preconceituosos franceses).

Notou que esqueceram de apagar o cavalete lateral na editoração? Dá para ver o cavalete, a tábua e a chave inglesa que usaram para deixar a moto vertical. Ups....

Um abraço,

Jeff
PS: Descobri uma pastelaria federal aqui em Floripa... nham, nham....

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Sab Ago 10, 2013 10:07 pm

jeff escreveu:Não sei, precisamos perguntar para um dono de intruder.

Quem diria, não são a mesma moto. E você encontrou os 25cm3.

Isso explica porque a gz não aparece no site da suzuki, ela é uma haojue, então é tipo uma segunda linha da suzuki, uma bastardinha só assumida no terceiro mundo (a Africa começa nos Pirineus, segundo os preconceituosos franceses).

Notou que esqueceram de apagar o cavalete lateral na editoração? Dá para ver o cavalete, a tábua e a chave inglesa que usaram para deixar a moto vertical. Ups....

Um abraço,

Jeff
PS: Descobri uma pastelaria federal aqui em Floripa... nham, nham....
reparei, mas ainda achei melhor isso que aquela foto da Horizon se equilibrando sozinha.

Ah, e só usaram tabua pq não descobriram que sucatas de TI são ótimas para essas coisas.
Eu uso um desses aqui para dar uma nivelada na moto:


PS pelo visto os 25 não servem pra muita coisa, pois é praticamente a mesma potencia, talvez tenha diferença de torque.

A HaoJue é a mãe das pequenas suzukis, acho que a Marauder que é a diferente.


Última edição por L340 em Sab Ago 10, 2013 10:15 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Dom Ago 11, 2013 12:40 am

Não, não.... ela não estava se equilibrando sozinha.

Tiraram a foto soltando ela numa ladeira, tinha um carinha lá em baixo esperando por ela.

Sorte que a única foto saiu boa, porque o coitado foi pro hospital. Razz Razz Razz 

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Bailarino em Dom Ago 11, 2013 5:52 am

Problema q uma marauder ou GZ150 custaria muito caro, vejamos a vendas fracas da GSR150 mesmo oferecendo preço mais baixo e conjunto mais completo

acho q a Intruder 125 ganhasse o motor 150 da GSR e sistema anti vibraçao , seria espetacular

_________________
Exclamation  Exclamation  Exclamation   FIFA! Vai tomar no Fuleco!   Exclamation Exclamation  Exclamation

Copa 2014 custará mais caro que as 3 últimas juntas
avatar
Bailarino
Forista
Forista

Número de Mensagens : 183
Idade : 39
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 03/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Dan Floripa em Dom Ago 11, 2013 9:14 am

L340 escreveu:
jeff escreveu:Não sei, precisamos perguntar para um dono de intruder.

Quem diria, não são a mesma moto. E você encontrou os 25cm3.

Isso explica porque a gz não aparece no site da suzuki, ela é uma haojue, então é tipo uma segunda linha da suzuki, uma bastardinha só assumida no terceiro mundo (a Africa começa nos Pirineus, segundo os preconceituosos franceses).

Notou que esqueceram de apagar o cavalete lateral na editoração? Dá para ver o cavalete, a tábua e a chave inglesa que usaram para deixar a moto vertical. Ups....

Um abraço,

Jeff
PS: Descobri uma pastelaria federal aqui em Floripa... nham, nham....
reparei, mas ainda achei melhor isso que aquela foto da Horizon se equilibrando sozinha.

Ah, e só usaram tabua pq não descobriram que sucatas de TI são ótimas para essas coisas.
Eu uso um desses aqui para dar uma nivelada na moto:


PS pelo visto os 25 não servem pra muita coisa, pois é praticamente a mesma potencia, talvez tenha diferença de torque.

A HaoJue é a mãe das pequenas suzukis, acho que a Marauder que é a diferente.



O legal é que el não tem descaço lateral! Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz 
avatar
Dan Floripa
Guru
Guru

Número de Mensagens : 4114
Idade : 37
Localização : Florianópolis
Moto : Speed 150cc
Data de inscrição : 27/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Dom Ago 11, 2013 9:50 am

Caramba, eu fiz piada, e não é que eu acertei sem querer?

HAHAHAHAHA.... essa dafra.... só rindo mesmo...

Grande observador o Dan!


Sobre a trudinha:

Certamente seria um avanço...

No meu ver, o grande problema da trudinha é que ela não empolga pelo visual. Logo depois que comprei a Jezebel, meu irmão comprou uma trudinha.

Fiquei surpreso de ver que as duas são praticamente do mesmo tamanho no comprimento roda a roda, mas a trudinha dá a impressão de ser muito menor, mais mirrada.

Nos anos 80, os japoneses faziam moto para japoneses e vendiam para o resto do mundo. Depois é que começaram a fazer moto pensando no restante da população mundial, que na média é uns 10 a 15 cm mais alta.

A trudy padece desse projeto antigo. Se dessem uma modernizada nela, colocando um tanque maior, banco escalonado, lanterna mais moderna (e menos propensa a queimar a lâmpada, aquele pedestal amplia a vibração do para-lama), passassem a usar cores mais vibrantes, e por que não, passassem a usar o motor mais moderno, a motinho teria uma sobrevida.

Se o mercado não passasse a rejeitá-la por causa da manutenção mais cara...

Sobre custar caro, vale lembrar que é só no Brasil que motocicleta e carro custam caro. O preço dela na Inglaterra é de 1400 libras, equivalente 4.926 reais. Se bem que encontrei uma outra resenha que diz que na Espanha ela custa 3200 euros, o que daria 9685 reais...

Como en Brasil se practican los precios para colónias de los reyes de España y Portugal...  

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Dom Ago 11, 2013 12:35 pm

Bailarino escreveu:Problema q uma marauder ou GZ150 custaria muito caro, vejamos a vendas fracas da GSR150 mesmo oferecendo preço mais baixo e conjunto mais completo

acho q  a Intruder 125 ganhasse o motor 150 da GSR e sistema anti vibraçao , seria espetacular
Sinceramente, não acho que a Intruder vibre tanto, a da Marlene mesmo vibra bem menos que a minha Kansas.

Ir de Guarulhos a Jundiaí de Kansas sem luvas faz com que meus tendões queiram se mudar para outro corpo, já com Intruder não tive esse problema.

Pode ser até que tanto a sua intruder quanto a minha Kansas vibrem mais que o normal, mas a amostra que eu tenho é que a Intruder é mais confortável em relação a vibração.

Já a GSR, do meu ponto de vista o erro dos caras foi apostar no visual da moto mais simples e na economia da mais sofisticada.

A GSR150I custa R$ 6.832,00 (segundo a fipe).

E é esteticamente a Yes, que custa R$ 5.883,00 (fipe)

Eu acho uma boa a moto com boa compatibilidade de peças com a Yes, mas muita gente presa pela beleza da moto.

Daí tem a Apache, que não é injetada, mas tem visual mais moderno e custa R$ 6.590,00.

(Jeff, você acha seguro ela pilotar assim?)

E custando R$7.630,00, temos a Titan, que é Mix.

Menos de milão de diferença da GSR, visual moderno, só não tem sexta marcha, mas pode usar álcool.

Mas daí o sujeito quer uma moto da Suzuki com cara mais moderninha.

Custa R$ 5.996,00, mas não tem o adicional que a GSR 150 tem a oferecer, que é a injeção eletrônica e a sexta marcha.

Talvez se a GSR150 tivesse o visual da GSR125S, tivesse maior aceitação.

Fizeram exatamente o oposto do mercado, deram visual na que tende a ser a moto do entregador de pizza e deixaram a moto que tende a atender o cara que vai pro trampo, pra facul, pra praia com cara simples e inspirando manutenção mais barata em caso de queda.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Dom Ago 11, 2013 12:47 pm

jeff escreveu:Caramba, eu fiz piada, e não é que eu acertei sem querer?

HAHAHAHAHA.... essa dafra.... só rindo mesmo...

Grande observador o Dan!


Sobre a trudinha:

Certamente seria um avanço...

No meu ver, o grande problema da trudinha é que ela não empolga pelo visual. Logo depois que comprei a Jezebel, meu irmão comprou uma trudinha.

Fiquei surpreso de ver que as duas são praticamente do mesmo tamanho no comprimento roda a roda, mas a trudinha dá a impressão de ser muito menor, mais mirrada.

Nos anos 80, os japoneses faziam moto para japoneses e vendiam para o resto do mundo. Depois é que começaram a fazer moto pensando no restante da população mundial, que na média é uns 10 a 15 cm mais alta.

A trudy padece desse projeto antigo. Se dessem uma modernizada nela, colocando um tanque maior, banco escalonado, lanterna mais moderna (e menos propensa a queimar a lâmpada, aquele pedestal amplia a vibração do para-lama), passassem a usar cores mais vibrantes, e por que não, passassem a usar o motor mais moderno, a motinho teria uma sobrevida.

Se o mercado não passasse a rejeitá-la por causa da manutenção mais cara...

Sobre custar caro, vale lembrar que é só no Brasil que motocicleta e carro custam caro. O preço dela na Inglaterra é de 1400 libras, equivalente 4.926 reais. Se bem que encontrei uma outra resenha que diz que na Espanha ela custa 3200 euros, o que daria 9685 reais...

Como en Brasil se practican los precios para colónias de los reyes de España y Portugal...  

Um abraço,

Jeff
A intruder é parecida com a Cb125, acho que dos anos 70:

Por incrível que pareça, não acho tãããããão caro assim manter uma Intruder.
É mais que uma CG, mas pelo menos aqui em casa ela gastou bem menos que a Kansas.

Sobre preços aqui, não podemos deixar de considerar duas coisas:
O Mercado de financiamento, que permite que as coisas sejam caras e mesmo assim cheguem na nossa mão.
O governo que ganha muito em cima de tudo, inclusive sobre o mercado de financiamento.
.
Isso me lembra aquelas frases de feicebuki

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Dom Ago 11, 2013 1:19 pm

Isso só a parte que vai pro governo.

Se for considerar o que vai pros cartéis lusitanos e espanhóis que dominam ou têm participação pesada em serviços essenciais, como as telecomunicações (Telefónica, ops, Vivo), bancos (Santander), exploração de petróleo, consórcios ferroviários (adivinha quem doou trens usados para o governo do Mário Covas mediante a assinatura de um contrato para que nós pagássemos a reforma da sucata doação? Gañas una botella de viño...), consórcios rodoviários (aqueles que colocam um pedágio atrás do outro e não entregam as obras pesadas prometidas quando assumiram a concessão de exploração (nome muito apropriado).

Brasil, a terra do Pedro, meu filho, põe a coroa sobre a tua cabeça, antes que algum aventureiro lance mão.....

Conheça nossa História e não se admire.

Façamos a revolução antes que o povo a faça, sempre disseram as raposas políticas.

E falando da moto, também acho totalmente equivocada a política da suzuki para as yes. Se não fosse você falar, eu tinha na cabeça que a de 6 marchas era aquela carenadinha....

Não dá para entender porque não renovaram o visual do modelo com motor novo, e jogaram as novidades no mesmo pacote. Até onde consigo ver, a renovação de toda a linha seria o caminho lógico para reduzir custos e estoques, o que a honda mais ou menos fez com as tifans.

Continuam empurrando goela abaixo do povo o freio dianteiro a tambor.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Bailarino em Dom Ago 11, 2013 3:55 pm

L340 escreveu:
Bailarino escreveu:Problema q uma marauder ou GZ150 custaria muito caro, vejamos a vendas fracas da GSR150 mesmo oferecendo preço mais baixo e conjunto mais completo

acho q  a Intruder 125 ganhasse o motor 150 da GSR e sistema anti vibraçao , seria espetacular
Sinceramente, não acho que a Intruder vibre tanto, a da Marlene mesmo vibra bem menos que a minha Kansas.
vixi, a kansas vibra ainda mais q a trud125?
todo mundo diz q a trud vibra muito mas se a kansas é pior, vixi maria...

Fiz TD numa GSR150 uma vez, parece q o motor ta desligado de tão pouca vibração, bom demais

Capaz q seja minha proxima usadinha.


_________________
Exclamation  Exclamation  Exclamation   FIFA! Vai tomar no Fuleco!   Exclamation Exclamation  Exclamation

Copa 2014 custará mais caro que as 3 últimas juntas
avatar
Bailarino
Forista
Forista

Número de Mensagens : 183
Idade : 39
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 03/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Dom Ago 11, 2013 6:06 pm

Eu acho estranho quando o pessoal fala que a kansas vibra.

Jezebel funciona redondinha, não me causa formigamento de mãos ou pés, coisa que uma voltinha em outras motos consegue fazer.

Pode ser que isso aconteça porque sempre usei a relação de 16 x 42 dentes, já comprei ela assim.

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  alex.ilha em Dom Ago 11, 2013 10:36 pm

Minha Kansas tb não fibra vibra muito não. Acho apenas o motor um pouco mais "barulhento", mas típico de motos com varetas de comando, e moto custom pra mim precisa ter imponência. Mas nada q me incomode, digamos q tenha apenas um pouco mais de ruído do q uma totalmente silenciosa.

Abraços!


Última edição por alex.ilha em Seg Ago 12, 2013 8:26 am, editado 1 vez(es)
avatar
alex.ilha
Forista
Forista

Número de Mensagens : 279
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro, RJ
Moto : Apache 150cc
Data de inscrição : 25/01/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Bailarino em Seg Ago 12, 2013 5:50 am

acho q é questao de referencia

igual o cara q sempre 125cc testa uma 250cc, cara vai achar o maximo

mas se o cara da 600cc testa uma 250cc vai achar uma bicicleta de tão fraca

_________________
Exclamation  Exclamation  Exclamation   FIFA! Vai tomar no Fuleco!   Exclamation Exclamation  Exclamation

Copa 2014 custará mais caro que as 3 últimas juntas
avatar
Bailarino
Forista
Forista

Número de Mensagens : 183
Idade : 39
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 03/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Seg Ago 12, 2013 5:23 pm

Nem me incomoda tanto a vibração da Kansas, o problema só acontece mesmo depois de rodar bastante.
Pode ser que alguns motores não tenham saído muito bons nesse ponto de compensação, sei lá.
Para o dia a dia não era problema, só para distâncias longas.
De Intruder não lembro se já fui pra Jundiaí, mas quando fomos para o rio não tive problema com isso, só com a proporção moto x piloto x garupa x bagagem Razz

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Ter Ago 13, 2013 8:41 pm

A Kasinski está fazendo promoção de Comet 250 GTR, está vendendo a preço de Mirage.

E se fizerem isso com a Mirage, aí sim a Dafra terá que rever o valor da Horizon (ou encalha de vez).

E acho que se isso continuar, é melhor a Dafra rever o valor da Roadwin ou mandar pro hell a parceria com a Daelim.

http://www.kasinski.com.br/novo/index.php/noticias/promocao-linha-comet

Disso tudo só acho que se o site funcionasse em sua totalidade, seria bem melhor.

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Ter Ago 13, 2013 11:18 pm

L340 escreveu:A Kasinski está fazendo promoção de Comet 250 GTR, está vendendo a preço de Mirage.

E se fizerem isso com a Mirage, aí sim a Dafra terá que rever o valor da Horizon (ou encalha de vez).

E acho que se isso continuar, é melhor a Dafra rever o valor da Roadwin ou mandar pro hell a parceria com a Daelim.

http://www.kasinski.com.br/novo/index.php/noticias/promocao-linha-comet

Disso tudo só acho que se o site funcionasse em sua totalidade, seria bem melhor.
É a promoção "estamos com um pé para fora do telhado".

Sinto avisar, mas em relação à 250 esse é o velho golpe da promoção para disfarçar o aumento de preço, e você caiu que nem um



Tabela de preços publicada na revista M! de julho de 2013:

Comet GT 250 EFI Preço em julho 12000 reais, na promoção de agosto aumentaram para 13.990.

Comet GT 250R EFI Preço em julho 13300 reais, na promoção de agosto aumentaram para 14.475.


As 650 realmente abaixaram, mas também, acho que eu nunca vi uma dessas na rua. Devem ser as tais 2012/2013.

Comet GT 650N EFI Preço em julho 21000 reais, na promoção de agosto reduziram para 19.930.

Comet GT 650R EFI Preço em julho 25800 reais, na promoção de agosto reduziram para 23.400.

E não é só a funcionalidade do site, eles não tomam cuidado nem para escrever o nome das motos deles, uma hora é GTR 250, na outra é GT 250R, mesma coisa com a 650.

Isso fica muito feio para a empresa.

Um abraço,

Jeff


Última edição por jeff em Qua Ago 14, 2013 1:26 pm, editado 2 vez(es)

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  L340 em Ter Ago 13, 2013 11:49 pm

GT ou GTR?
Pq a GTR custava 15, é que estão vendendo por 14 agora.
GT é a pelada
GTR é a carenada

_________________
Vinícius Melo - "Gott Weiss Ich Will Kein Engel Sein"

Minha moto não está suja, é uma película natural de proteção para a pintura que inclusive não gasta água.
avatar
L340
Guru
Guru

Número de Mensagens : 3821
Idade : 36
Localização : Guarulhos - SP
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 07/10/2010

http://leaoesuamoto.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  jeff em Qua Ago 14, 2013 12:20 am

Será que foi a revista que comeu bola?

Eles dizem que a Comet GT 250 EFI (pelada) custava 12000 reais, e a Comet GT 250R EFI (carenada) 13300 reais. Já a 2 Rodas do mesmo mês dava esse valor, 14.990.

Ou será que o pato sou eu?

Na minha cabeça, de quando fui ver, a pelada custava quase o mesmo que a Fazer, até conversamos sobre isso. E a carenada custava menos que a ninjinha 250. Que custava 14 mil, se não me falha a

Um abraço,

Jeff

_________________
A quantidade de óleo de Kansas e Speeds para troca é de 1,2 litro no mínimo, 1,3 litro ideal e 1,4 litro no máximo. Colocar menos que o ideal causará prejuízo com o desgaste dos componentes do motor, o qual poderá travar em alta rotação, colocando sua vida e a de sua garupa em risco. A quantidade recomendada no manual do proprietário está errada e a dafra tem que assumir esse erro, informando a todos os proprietários. O quadro da Kansas está sujeito à quebra e a dafra está substituindo gratuitamente, independente de garantia, desde que você leve a moto com o quadro trincado/quebrado até eles. No entanto, negam indenização a quem se acidente, como aconteceu com o Leão do Asfalto de Sergipe. Eles deveriam fazer um recall com ampla divulgação, mesmo caso da quantidade de óleo. Há vidas em risco e com isso não se brinca nem se pode protelar soluções. Tudo que escrevo representa minha opinião pessoal. Assinado Jeff, proprietário de uma Kansas 2009 com 75.000 km sem problemas de motor (só câmbio) pelo uso correto do óleo.
avatar
jeff
Jedi
Jedi

Número de Mensagens : 10955
Idade : 56
Localização : Santo André / Biritiba - SP / Florianópolis - SC
Moto : Kansas 150cc
Data de inscrição : 27/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Bailarino em Qua Ago 14, 2013 6:08 am

ta errado

essa comet de R$13990 é GTR de 1 cor, nao a naked

e a mirage250 nao baixa pq nao tem concorrente

Ja a GTR250 tem ninjinha e CBR250

_________________
Exclamation  Exclamation  Exclamation   FIFA! Vai tomar no Fuleco!   Exclamation Exclamation  Exclamation

Copa 2014 custará mais caro que as 3 últimas juntas
avatar
Bailarino
Forista
Forista

Número de Mensagens : 183
Idade : 39
Moto : Outra marca ou ainda não tenho
Data de inscrição : 03/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A kasinski subiu no telhado...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum